Dicas

Cultivo de Pêssegos: O Guia Completo para Plantar, Cuidar e Colher Pêssegos

Morder um pêssego maduro é uma experiência. A suavidade radiante da carne e a amargura da pele são imbatíveis, especialmente se você puder encontrar um fresco da árvore. É por isso que o cultivo de pêssegos é tão gratificante. É uma daquelas frutas que a versão de mercearia não consegue replicar.

Infelizmente, se você vive num clima frio como o meu, é difícil encontrar pêssegos perfeitos, mesmo na estação do ano. Mas se você acha que está preso com pêssegos de papelão para sempre porque vive em um clima frio, pense novamente. Os pêssegos não são adequados apenas para crescer em climas quentes do sul. Na verdade, é possível cultivar este delicioso fruto de caroço em regiões tão frias como 4 e 5.

É verdade que os pêssegos tendem a crescer em regiões quentes. Não é por nada que o estado da Geórgia está associado a esta fruta laranja. Os pêssegos crescem com o tempo quente e com a luz solar. Eles também são frequentemente sensíveis ao frio. Nosso guia de cultivo explica como cultivar e cuidar dos pêssegos, e inclui uma seção sobre as diferentes variedades de árvores frutíferas e os tipos que são mais adequados para climas frios.


Variedades de pessegueiros

Como em qualquer árvore frutífera, é fundamental escolher uma variedade adaptada à sua região e ao seu clima. Quando se trata de pêssegos, a escolha de um pêssego para a sua região depende do número de horas de frio necessárias (explicado na secção “Cultivar Pêssegos”).

Escolher uma variedade de árvore robusta é essencial se você planeja plantar um pessegueiro em um lugar onde os invernos são rigorosos, mas para manter sua árvore viva, você também deve escolher a área de plantio certa e evitar expô-la a temperaturas que mudam rapidamente. Manter um pessegueiro vivo é mais difícil em climas frios, mas é possível. Se você decidir experimentar, obtenha algum material sólido de um viveiro respeitável e peça-lhes conselhos sobre o seu cultivo.


Categorias de pesca

Os pêssegos são classificados em várias categorias de pedra: pedra pegajosa, pedra solta ou pedra semi-livre. Esta designação refere-se à relação entre a polpa e o caroço do fruto.

Clingstone : É mais difícil separar a carne do caroço destes tipos de pêssegos. Tens de comer os pêssegos com o caroço fresco.

Freestone : Com estes tipos de pêssegos você pode remover facilmente a pedra da carne. Eles são ideais para cozinhar.

Semi-freestone : Este tipo de pêssego é um híbrido versátil com um núcleo facilmente removível. É excelente para ser consumido fresco e usado em receitas.


Cold Hardy Varietie s

As variedades de pêssego adaptadas à zona 5 (e em alguns casos à zona 4) incluem

  • Canadian Harmony – Esta variedade produz grandes frutos amarelos com polpa de caroço livre. A fruta é perfeita para congelar e amadurece de meados de Agosto até ao final do mês.
  • Glohaven – Glohaven produz um fruto amarelo, avermelhado, fofo, com polpa e caroço livres. A fruta amadurece do início a meados de Agosto.
  • Confiança – Este tipo produz frutos dourados de tamanho médio em uma árvore pequena. Os frutos estão prontos em meados de Julho.
  • Contender – O Contender é uma árvore robusta que produz frutos médios a grandes. É resistente a doenças e amadurece em meados de Agosto.
  • Madison – Esta variedade tem carne amarela escura e pele vermelha brilhante. É robusto, vigoroso e pronto para a colheita no final de agosto.
  • Redhaven – O fruto do pêssego Redhaven é quase sem penugem e incrivelmente delicioso. É resistente a doenças e muito pesado.


Dwarf Peaches

Se você vir a palavra “compacto” na frente do nome de uma árvore frutífera, você pode apostar que é algum tipo de anão.

  • El Dorado – Esta variedade é compacta, com frutos de tamanho médio que amadurecem no início do verão.
  • Redwing – Redwing produz frutos com polpa branca requintada e pele amarelo-avermelhada.
  • Orange Cling – Como o nome sugere, este é um pêssego com pele vermelha e dourada. Está pronto para ser colhido de meados a finais do Verão.
  • Halloween – Como o nome sugere, esta variedade anã está pronta para ser colhida no outono.
  • Redhaven – Como seu irmão mais velho, Redhaven é resistente a climas mais frios enquanto é compacto.


Variedades resistentes a doenças

Se você já teve doenças no seu jardim, você pode querer considerar a escolha de um pêssego resistente a doenças.

  • Clayton – Clayton é resistente tanto ao enrolamento das folhas de pêssego como à mancha bacteriana.
  • Champion – Champion é uma variedade de carne branca que é intensamente doce. É resistente à mancha foliar.
  • Contender – Além de crescer em climas frios, esta variedade também é incrivelmente resistente a doenças.
  • Elberta – Elberta é uma variedade incrivelmente popular que vem em variedades padrão e anãs. É resistente a insectos e doenças.


Variedades de pêssegos ornamentais

Os pessegueiros não só produzem frutos saborosos, como também são bonitos quando em floração. Algumas variedades de pêssegos são cultivadas pelo seu valor ornamental. São árvores que são cultivadas principalmente pelas suas flores atraentes, e o fruto é comestível, mas não tão saboroso.

As variedades incluem pêssego vermelho flor dupla, pêssego cubo de gelo e pêssego menta.


Cultivo de pêssegos


Áreas de cultivo

A cura ocorre quando as temperaturas são de pelo menos 75°F. Os pessegueiros preferem temperaturas quentes durante a época de crescimento e não se dão bem nos verões frios e húmidos. A maioria dos pêssegos cresce nas zonas 5 a 9, mas algumas variedades que prosperam na zona 4 podem ser encontradas.


Tempo de vida

Uma coisa a notar sobre os pêssegos é que, ao contrário de outros tipos de árvores frutíferas, como as peras, eles não são plantas de vida longa. Mesmo que sejam plantados num local ideal e em circunstâncias ideais, um pessegueiro não durará para sempre. A maioria das árvores durará um pouco mais de dez ou dois anos antes de deixarem de produzir.


Requisitos de luz solar

Você pode cultivar pêssegos em sombra parcial, mas eles não produzirão tanta fruta como em pleno sol. Se você quer uma colheita completa, plante a pleno sol, com pelo menos 6 horas de luz direta por dia. Se você não pode usar todos esses pêssegos, sombra parcial pode ser a solução.


Requisitos de solo

Mantenha o seu pessegueiro longe de áreas alagadas para evitar o apodrecimento das raízes. A área onde se planta um pessegueiro deve ter um solo bem drenado com um pH de cerca de 6,0-7,0. Os pêssegos precisam de um solo fértil e bem drenado, com muita matéria orgânica bem drenada adicionada.


Planta

Quando plantar o seu novo pessegueiro? Coloque sua planta na terra no início da primavera ou no final do inverno, assim que o solo puder ser trabalhado. Não se esqueça de regar imediatamente após a plantação. No entanto, não fertilize o seu jovem pessegueiro para não stressar a planta.

Durante o primeiro ano de crescimento, remova as flores para redirecionar o uso de energia para um sistema radicular saudável. Faça o mesmo no ano seguinte. Um pessegueiro estará pronto para a colheita no seu terceiro ano.


Polinização

Você não precisa de vários pessegueiros para apreciar a fruta. A maioria das variedades são auto-férteis, mas verifique a sua variedade para ter a certeza.


Crescimento do contentor

Quer saber se você pode cultivar pêssegos em recipientes? Claro que posso! Na verdade, se fores amaldiçoado por invernos rigorosos, talvez prefiras cultivar os teus pêssegos em vasos e aconchegar as tuas plantas dentro de casa para evitar a exposição a geadas prolongadas, que podem matar os teus pêssegos.

Escolha variedades anãs apropriadas para os recipientes, para que não excedam o seu espaço de vida. Você vai precisar de um grande vaso para acomodar este tipo de árvore frutífera, com pelo menos 36 cm de diâmetro. Quando o inverno chega, suas árvores amantes do calor ainda precisam de um período de hibernação para dar frutos no ano seguinte, então mantenha-as em um lugar fresco como uma garagem.


Espaçamento

As árvores podem atingir uma altura de 25 pés, embora os pêssegos anões sejam muito menores e não excedam 10 pés de altura.

Se você planeja plantar pessegueiros, você precisará espaçar as árvores de acordo. As árvores anãs podem ser plantadas mais próximas umas das outras, mas as variedades de tamanho normal devem ser plantadas com pelo menos 18 cm de distância.


Refrigeração

É necessário um período de hibernação para produzir frutos. Diferentes variedades de pêssegos requerem diferentes “horas de arrefecimento”. O número de horas de refrigeração exigidas pelas variedades de pavão varia consideravelmente. Alguns requerem menos de 100 horas a temperaturas inferiores a 45°F, enquanto outros requerem mais de 800 horas de refrigeração.

É essencial escolher um tipo de pesca que tenha horas frias e compatíveis com o seu clima. Muito poucas horas frias vão arruinar as suas hipóteses de conseguir fruta.


Cuidando do seu Pessegueiro

Como você cuida do seu pêssego enquanto ele cresce? Continue lendo para descobrir.


Irrigação

Regue frequente e regularmente, especialmente quando a árvore ainda é jovem. Evite o excesso de água, que pode levar a doenças. Planeje regar a cada 10 a 14 dias durante os períodos quentes e secos.


Fertilização

Alimente uma árvore estabelecida com um fertilizante equilibrado durante a estação de crescimento. Dê a uma árvore jovem 34 libras de nitrogênio uma vez na primavera e novamente no verão. Após o terceiro ano, dê às árvores um quilo de nitrogênio a cada ano. Evite fertilizar quando o fruto estiver em pleno crescimento ou um mês antes da primeira geada.


Tamanho

É essencial podar os pêssegos todos os anos para evitar o crescimento excessivo e para incentivar a frutificação e o rendimento. Você pode podar o seu pessegueiro a qualquer momento, mas se você tiver muito trabalho a fazer, guarde esse trabalho para a queda. Livre-se sempre primeiro dos ramos partidos e mortos, depois retire os otários da base da árvore.

Livre-se também dos ramos fracos incapazes de segurar o pesado conjunto de frutas. Podar os ramos demasiado próximos para permitir a circulação do ar e evitar os solavancos que podem deixar espaço para a infiltração de doenças e pragas.

A poda regular e apropriada promoverá o crescimento saudável, a frutificação e ajudará a manter a saúde da sua árvore ano após ano. Uma vez amarrado o fruto, é também essencial desbastá-lo no início da estação. A remoção de alguns pêssegos jovens vai permitir que outros frutos cresçam mais.


Problemas e soluções relativas à pesca

O pessegueiro, que ama o calor, requer muito amor e cuidado e é sensível a uma multidão de parasitas. O mais importante é ficar de olho nas suas árvores para detectar problemas assim que eles aparecem.

As pragas que invadem os ramos podem ser controladas eliminando rapidamente os ramos infectados. Os escaravelhos e ácaros são facilmente deslocados abanando a árvore e limpando os detritos. Evite ser muito áspero com árvores jovens. As doenças são muitas vezes um problema para os pessegueiros que crescem em climas mais frescos e húmidos. As pragas também transmitem doenças que infectam os pessegueiros.


Mancha foliar bacteriana

Esta doença é causada por uma bactéria que infecta frutos e folhas, causando lesões nos frutos e buracos de bala nas folhas. Para evitar isso, escolha uma variedade resistente e certifique-se de que a sua árvore está saudável para que possa resistir a esta doença.


Gall da Coroa

O fel da coroa é causado por bactérias, que causam a formação de fel nas raízes e no fundo do caule da árvore. As brânquias impedem a árvore de obter os nutrientes de que necessita. Evite danificar a árvore através da poda ou do corte e evite destruir qualquer árvore infectada.


Crosta de Pêssego

A sarna do pêssego é causada por um fungo que ataca pequenas frutas com manchas escuras como sardas. Para evitar isso, mantenha os pêssegos bem podados e aplique fungicidas a cada duas semanas durante a época de floração.


Podridão castanha

A podridão castanha é uma das piores doenças que podem afectar a cultura do pêssego, uma vez que é comum e devastadora. Apodrece flores e frutos e espalha-se facilmente.

Para controlar a podridão castanha, recolher e destruir os frutos doentes e pulverizar as plantas com um fungicida a cada duas semanas durante o período de floração.


Ferrugem

A ferrugem do pêssego é causada por um fungo e é geralmente encontrada em climas quentes, onde se espalha através do ar por meio de esporos. Mantenha as árvores bem podadas e evite a rega alta. Você também pode usar um fungicida para ajudar a controlar esta doença.


Circuito de folhas

Este fungo ataca frutos, flores e folhas, fazendo com que as folhas infectadas fiquem amarelas e caiam da árvore. Se esta doença se tornar suficientemente grave, pode reduzir significativamente os rendimentos. Aplique um bom fungicida antes que os rebentos se parta para o controlar.


Podridão da raiz

A podridão das raízes é uma doença fúngica que ataca os pêssegos. Provoca um cancro na raiz da árvore e pode matar a planta. Não se pode livrar dele, por isso, impeça-o plantando numa área bem drenada e não sobre a água. Esterilize as suas ferramentas entre utilizações. Se a sua árvore estiver infectada, remova o solo na base da árvore para evitar que a doença progrida e pulverize o tronco com um fungicida à base de cobre.


Rolo de folhas

Os rolos de folhas são pequenas lagartas que, como o seu nome sugere, enrolam as folhas do seu pessegueiro para criar um pequeno abrigo. Você pode recolher pragas da sua árvore ou usar um pesticida para controlá-las

.


Traça Oriental da Fruta

Túnel de larvas de traça do fruto oriental através do caule da planta e emergem perto do buraco. Eles usam armadilhas com feromonas para apanhar as traças antes de poderem pôr os seus ovos.


Pulgões

Os pulgões atacam praticamente todas as plantas do jardim, e os pêssegos não são excepção. Saberás que as tens se as folhas do teu pessegueiro engrossarem, ficarem amarelas e caírem. Você também verá pêssegos deixados para trás por pestes, que podem atrair doenças.

Use um spray à base de óleo neem para controlar afídeos.

Porque é que o meu pessegueiro não está a crescer agora que o tempo aqueceu?

Isso significa que a tua árvore ou está morta ou ainda adormecida. Se não tiver recebido horas frias suficientes durante o inverno, ou se o inverno tiver sido anormalmente quente, sua árvore não poderá sair de sua dormência. A podridão das raízes é outro possível culpado na aparência monótona da sua árvore.


Companheiros para Peaches

Os pessegueiros são bons companheiros para uma série de plantas, incluindo

  • Manjericão
  • Tansy
  • Madeira do Sul
  • Alho
  • Ervilhas
  • Feijões
  • Trevo
  • Calêndula
  • Camomila
  • Consuelda

Não plante pêssegos com ele:

  • Maçã
  • Milho
  • Batata Doce
  • Ervilhas de vaca
  • Batata
  • Tomate
  • Framboesa


Colheita do pêssego

Os pessegueiros estão prontos para produzir 3-4 anos após o plantio. O período de colheita é a meio e fim do Verão. Os frutos geralmente aparecem 3-5 meses após o início da floração e da polinização. É preferível deixar o fruto amadurecer na árvore em vez de o colher cedo. Desta forma o sabor será sempre superior. Os pêssegos estão prontos para serem colhidos quando são ligeiramente macios ao toque e se destacam facilmente do ramo.

Ele come os pêssegos rapidamente depois de os apanhar. Sabem melhor quando são recém-colhidos. Mantém-nos num lugar fresco durante uma semana. Utilize pêssegos de pedra livre para cozinhar ou enlatados.

Se você nunca tentou cultivar pêssegos antes, você está planejando adicioná-los à mistura para a próxima estação de crescimento? Que tipo de variedade de pêssego você tem em mente? Avise-nos nos comentários.

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *