Dicas

Período de poda de oliveira

A oliveira

A oliveira é uma planta de vida muito longa: começa a dar frutos a partir do terceiro quarto ano de vida e entra em plena produtividade a partir do nono décimo ano. Dado que atinge a maturidade após os 50 anos, não é surpreendente encontrar oliveiras com mais de mil anos. É uma planta perenifólia, com casca cinza-prateada, caule retorcido e raízes rasas, que ocupam grande área ao redor da árvore. As flores são brancas em cachos de 10-15, que florescem no período de maio a início de junho, dependendo da área e da variedade cultivada. A oliveira dá origem à famosa azeitona, cujas características (aspecto e peso) variam de acordo com a variedade, o clima e as técnicas de cultivo. Uma das regras a seguir para obter um ótimo rendimento é fazer uma poda correta.

Faça a poda da oliveira


Não é necessário podar a oliveira todos os anos. O importante é lembrar que se trata de uma operação muito delicada: se é verdade que qualquer tipo de planta deve ser podada com cuidado, com a oliveira é preciso prestar ainda mais atenção. Entre outras coisas, a poda não é uma simples intervenção estética ou feita ao acaso, mas deve basear-se em princípios científicos, pois é um dos principais fatores para obter um alto rendimento e uma planta sã. Em primeiro lugar, é necessário saber reconhecer os diferentes tipos de ramos de oliveira: os mais próximos do caule, de facto, crescem mais do que os mais distantes. É por isso que uma oliveira não cultivada tem uma aparência arbustiva, mas isso prejudica a produtividade: um alto rendimento, aliás, é garantido por ramos abertos que recebem muita luz e ar.

O período da poda da oliveira


O período de poda da oliveira é entre o final do inverno e o início da primavera (os meses preferidos são fevereiro e março): nessa época, de fato, as primeiras fases de frutificação da planta ainda não começaram. Se as oliveiras se situarem numa zona a norte ou com forte amplitude térmica, é aconselhável adiar a intervenção de poda. Isso se deve ao fato de que quedas de temperatura ou geadas tardias podem danificar a planta recém podada. Neste caso, o período de poda da oliveira estende-se até maio. Existem três tipos de intervenções de poda, ligadas à idade da planta: uma poda leve, por exemplo, deve ser feita quando a planta ainda não produz azeitonas, enquanto as podas comuns são de caráter médio (com corte de 20-35% da copa). A poda extensiva é realizada apenas se você quiser revigorar ou reconstruir a planta (com muito cuidado).

Período de poda da oliveira: como as operações de poda são realizadas


Existem três regras principais que devem ser seguidas na poda da oliveira: em primeiro lugar, é necessário distinguir entre ramos jovens (que não devem ser podados, porque são mais produtivos) e ramos mais velhos. Na verdade, os galhos com mais de dois anos não produzem frutos. Em segundo lugar, deve ser podado de modo a deixar uma espécie de «ponta»: a oliveira cresce sobretudo em altura e os seus ramos precisam de luz para dar fruto. Finalmente, precisamente por este último motivo, a operação de poda deve incidir principalmente nos ramos internos, pois impedem que a planta receba uma boa iluminação. A poda deve ser feita por meio de cortes limpos e precisos, sem danificar a casca para evitar o aparecimento de doenças futuras.

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada.