Dicas

Cultivo de alho

Irrigação para cultivo de alho

Para obter uma boa colheita e não correr o risco de danificar os bolbos, é muito importante não exagerar na rega no cultivo do alho. Como todas as outras plantas, o alho também precisa de água para crescer e se desenvolver. Porém, como o interessante do ponto de vista culinário é o bulbo no subsolo, teremos que evitar encharcar o solo. Durante a primeira fase de crescimento do rebento pode ser útil molhar, caso as chuvas tenham estado ausentes durante vários dias. Mas as estações com chuvas intensas são mais que suficientes para garantir um abastecimento adequado de água ao alho. Não iremos intervir a menos que seja estritamente necessário. Somente durante o verão poderemos ajudar a planta umedecendo levemente a base, aguardando futuras precipitações atmosféricas.

Técnicas de cuidado e cultivo


O alho é uma planta bastante resistente, que não requer cuidados especiais e é muito fácil de cultivar. Começaremos a partir do alho que brotou espontaneamente, separando-o de seu bulbo e deixando-o brotar ainda mais. Quando o broto estiver suficientemente visível, podemos enterrar o cravo com alguns centímetros de profundidade. A muda se desenvolverá rapidamente mesmo sem intervenções. Também podemos cultivar alho em vasos, mais cravos serão colocados nas caixas de 60cm x 25cm. Nesse caso, a planta do alho se beneficiará da presença, no fundo do recipiente, de bolas ou seixos de argila expandida, que filtrarão o excesso de água. Para a semeadura em campo aberto será suficiente deixar uma distância de 20cm entre as mudas e meio metro entre as linhas paralelas.

Solo e fertilização


Para o cultivo do alho teremos que preparar a terra com antecedência com capina e escavação de pelo menos 35cm de profundidade. O substrato que vai hospedar o bulbo deve ser leve e frouxo, para evitar impedimentos durante a fase de alargamento. Teremos, portanto, que estar atentos à formação de torrões, procurando trabalhar bem a terra. Se necessário, podemos adicionar solo universal adquirido em supermercados ou lojas de jardinagem. O alho não é uma planta exigente mas, se sentirmos que devemos enriquecer o nosso jardim porque não é muito fértil, podemos usar estrume maduro ou composto caseiro. O importante é que as operações de fertilização ocorram bem antes da semeadura, sem deixar o bulbo da

Cultivo de alho: clima, exposição, doenças


O alho é uma planta que se adapta bem ao cultivo em todas as áreas da Itália, tanto nas planícies quanto nas montanhas. Suporta bem tanto invernos severos quanto verões caracterizados por períodos de seca intensa. Onde as chuvas são extremamente frequentes, é necessário verificar cuidadosamente a drenagem porque o principal inimigo do alho é a estagnação da água. A água que não corre pode causar doenças fúngicas graves que atacam os bolbos até arruinar toda a planta, obrigando-nos a arrancá-la para não comprometer a colheita. Antes de usar produtos químicos, no aparecimento deste tipo de doença é bom verificar se a rega não é muito abundante e se o abastecimento de água está correto.

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada.