Dicas

Realização de jardins

Primeiros passos na criação de jardins

Na concepção de um jardim, para além da dimensão, também são muito importantes as condições climatéricas e a exposição ao sol: em cada espaço verde é sempre bom criar zonas protegidas e sombreadas, especialmente indicadas para os tipos de plantas ou flores que o fazem. não tolera calor excessivo. O solo pode ter predomínio de componentes argilosos ou arenosos: no primeiro caso é necessário adicionar silte para facilitar o escoamento da água; no segundo, ao contrário, recomenda-se a adição de argila para impedir a drenagem excessiva. Em caso de dúvida, o melhor é entrar em contato com uma boa jardinagem, onde poderão recomendar o solo certo dependendo do tipo de vegetação que se pretende plantar. Um jardim pode ser mais tradicional, com sebes e áreas delimitadas geometricamente, mas se não gosta muito de encomendar pode optar por um jardim ‘pitoresco’ ou de tipo rural, dando mais espaço ao crescimento de espécies espontâneas; Os admiradores do Oriente poderiam, em vez disso, recorrer a um jardim Zen sugestivo.

Criação de canteiros de flores


Na hora de criar grandes jardins, um aspecto que não deve ser esquecido é a criação de canteiros de flores fáceis de cultivar e muito agradáveis ​​esteticamente. Primeiramente é necessário escolher a área que será ocupada pelo canteiro, delimitando-o com meio-fio ou mesmo com pedras grandes. A terra deve ser preparada e fertilizada de forma a poder acomodar, de acordo com a alternância das estações, diferentes espécies de flores, a serem combinadas em agradáveis ​​contrastes cromáticos: no entanto, nunca exagere na fertilização, para não danificar o solo. A rega deve ser regular e feita à noite, principalmente nos períodos mais quentes: o solo poderá assim absorver bem toda a água, sem ser imediatamente seco pelos raios solares. Na escolha das flores, a função ornamental dos canteiros deve ser sempre considerada: portanto, flores com cores alegres e vivas são bem-vindas. Os canteiros de flores não só são bonitos como também podem ser muito úteis: pensemos nos das ervas aromáticas como tomilho, menta, orégano, pimenta, aliados preciosos na preparação de excelentes pratos da cozinha.

Flores e plantas para o jardim


A escolha de flores na criação de jardins é muito ampla e depende dos nossos gostos pessoais e do tipo de jardim que queremos criar. Uma boa solução são as sempre-vivas, aptas para todas as estações: viburnos, camélias, oleandros, para se misturarem com flores de cores vivas, como o ciclame (disponível em muitas variedades de rosa e roxo) ou as prímulas, caracterizadas por inflorescências pequenas e graciosas. Essas espécies florais podem ser plantadas em canteiros ou em grandes jardineiras: o importante é que o solo escolhido para seu cultivo seja úmido e rico em nutrientes. Se no jardim existem paredes, gazebos ou pérgulas, o ideal é apostar também nas trepadeiras, de impacto estético seguro: existem algumas trepadeiras com flores, como o maracujá, a lonicera, as rosas trepadeiras.

Realização de jardins: mobiliar o jardim


Para transformar cada jardim num espaço a ser vivido, dedicado a agradáveis ​​momentos de descontração, a sós ou com amigos e família, é necessário escolher os complementos de decoração adequados. Cadeiras e mesas, em diferentes materiais e tamanhos, permitir-nos-ão criar recantos no jardim ou tornar-se elementos centrais para jantares e almoços com amigos. Quando o verão avança e o sol está quente é hora de guarda-chuvas coloridos, a serem combinados se quiser com almofadas macias para serem colocadas nas cadeiras, redes, balanços. As fontes do jardim de pedra, além de serem muito bonitas e decorativas, vão aumentar a sensação de frescura. Especialmente no verão, também pode ser muito agradável experimentar o jardim, especialmente à noite; EU’

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada.