Dicas

Pandorea (Pandorea Jasminoides)

Características

Pandorea jasminoides é uma planta utilizada principalmente para fins decorativos: é uma espécie perene caracterizada por flores vistosas com uma delicada forma de sino. Os tons podem variar de rosa a lilás e branco, com um halo de cor mais escuro conforme você se aproxima do interior da flor. Embora seja uma planta nativa de áreas que são climaticamente muito diferentes das da Europa, como Austrália ou Malásia, a pandoreiaé uma planta muito resistente, que também se adequa ao cultivo na Europa, onde pode atingir os 4 ou 5 metros de altura se as condições forem óptimas, criando uma barreira decorativa elegante e impossível de perder. As folhas de cores vivas completam o elegante efeito visual da pandorea, tornando-a uma planta perfeita para a decoração de espaços exteriores e jardins.

Cultivo


A pandoreaprecisa ser cultivada em ambientes claros, evitando a luz solar direta: sombra excessiva afetará negativamente a floração. O cultivo é recomendado em vasos em locais caracterizados por invernos muito rigorosos: é uma planta que pode suportar fardos de temperaturas, mas não por longos períodos. A pandoreia também deve ser posicionada em um local que possa oferecer abrigo contra o vento, que também é inimigo da planta. Durante o verão e, em geral, durante todo o período de crescimento e floração, é aconselhável regar com frequência e regularidade, enquanto no inverno podem ser desbastadas, evitando sempre a estagnação da água, que é prejudicial para as raízes. O período de maior desenvolvimento da planta pode ser acompanhado de fertilizações regulares, também

Pandorea (pandorea jasminoides): doenças e parasitas


Os jasminoides Pandoreaestá sujeita ao ataque de pulgões: esses pequenos parasitas são os mais comuns para atacar a planta, privando-a do alimento necessário para viver. Pandorea é uma planta resistente, mas não totalmente imune, portanto, aos ataques externos: é possível protegê-la com um tratamento preventivo, ou optar por simplesmente manter a planta sob controle, de forma a identificar qualquer infestação dentro de um ambiente pouco tempo de seu aparecimento e assim sendo capaz de erradicá-lo. Para eliminar os parasitas, se a presença estiver concentrada em uma área pequena e se não forem muitos, pode-se usar um cotonete embebido em álcool, enquanto para infestações maiores será necessário recorrer a um pesticida específico. A primeira forma preventiva, no entanto,

  • Pandorea

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada.

Mira también
Cerrar