Dicas

Irrigação de jardim

Projeto do sistema de irrigação

Uma inspeção direcionada, que visa avaliar como definir o posicionamento futuro dos vários componentes do sistema de irrigação, irá garantir um bom resultado final. Este último visa obter uma boa aspersão do solo, ou seja, que seja completo e uniforme. No caso de não possuir conhecimentos de bricolagem suficientes, a ajuda de um designer e de um canalizador pode ser essencial nesta fase inicial, que visa planear em pormenor um esquema do sistema de rega do jardim. Um elemento essencial do seu sistema (independentemente das soluções logísticas escolhidas) deve ser a homogeneidade, ou seja, avaliar as necessidades hídricas do seu jardim dividindo-o em áreas específicas e proporcionais. As áreas devem ser classificadas de acordo com o tipo de vegetação presente no terreno, a exposição, a dimensão desta (bem como a tendência planimétrica). Isso permitirá que você avalie melhor os custos futuros e compre sprinklers tecnologicamente adequados para o seu jardim.

irrigação de jardim – A escolha dos materiais


Com base nos tipos de plantas em seu jardim e sua disposição, você pode escolher um kit de irrigação. Isso tornará possível prever o custo do sistema de irrigação do jardim com antecedência. Quanto à escolha dos tubos, eles devem ser flexíveis: seu diâmetro é um fator essencial a considerar, pois deve variar de acordo com a distância que a água tem que percorrer (bem como a quantidade de água necessária para escoar). O diâmetro dos tubos utilizados no âmbito da irrigação não ultrapassa os 14 milímetros. A escolha dos aspersores acaba sendo bastante exigente: é possível optar por «aspersores simples», imóveis durante a fase de lançamento, ou alternativamente por aqueles com «braços rotativos» (com jato amplo e variável). Já para grandes superfícies, existem no mercado «interruptores intermitentes» (mais comumente chamados de «interruptores oscilantes»), que permitem cobrir grandes áreas com o uso de um longo intervalo de água. A última alternativa são os «aspersores oscilantes», que emulam a chuva e irrigam uniformemente pequenas áreas de terra.

(Móveis de jardim – Sistema de irrigação) Custos dos sistemas de irrigação


Os custos dos sistemas de irrigação variam com base em uma série de fatores listados abaixo. O custo da mão de obra, por exemplo (se você não depende do faça-você-mesmo) pode ser bastante alto, pois a construção de tais sistemas requer muitas horas de trabalho. Até a escolha dos materiais pode variar muito o preço, diferindo também muito de acordo com a marca do produto escolhido. Os preços de instalação de um bom sistema de rega variam entre um mínimo de 400 euros e um máximo de cerca de 2000 euros (e mais). Os preços são extremamente variáveis ​​justamente porque muitas vezes é necessário optar por soluções personalizadas, que variam de acordo com os arranjos da vegetação e outras características únicas do próprio jardim.

Irrigação de jardim: escolha DIY e economia


A escolha do faça-você-mesmo, caso tenha noções básicas de canalização, pode ser excelente, principalmente se quiser dar um toque pessoal adicional ao seu jardim. Neste caso é muito importante atribuir extrema importância à fase de projecto, que deve ser efectuada com o máximo empenho para não se deparar com problemas na implementação prática do sistema de rega. O sistema utilizado principalmente para a rega de jardins é o subterrâneo, que do ponto de vista estético é o mais adequado para este tipo de ambiente exterior. Um bom sistema também permitirá que você economize nas contas de água no longo prazo, assumindo um valor ecológico e valorizador do seu jardim.

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada.