Dicas

Groselha

Quanto regar a groselha

As groselhas precisam de muita umidade. Deve, portanto, ser regado em abundância com o único cuidado de evitar a estagnação da água. Entender quando é hora de regar novamente é simples: basta tocar no chão e certificar-se de que está seco. Só depois desse pequeno cuidado a planta pode ser regada novamente. A estagnação da água é perigosa, pois expõe a groselha a um esgotamento radical, tanto das folhas quanto dos frutos. Em geral, se o clima da região for temperado, a planta deve ser regada abundantemente a cada 2-3 semanas. Se a groselha for cultivada em uma área particularmente fria, a rega deve ser fornecida aproximadamente a cada 4 semanas. O fundamental é verificar sempre, através do toque, o estado do solo e retirar o mais rápido possível o

Como cultivar groselhas


O cultivo da groselha é muito simples e não requer cuidados especiais. Adapta-se bem a qualquer tipo de solo, com ligeira preferência por solos argilosos ou siliciosos. Pode ser cultivada com sucesso em vasos, com o único cuidado de preparar um solo leve ou simplesmente turfa. É aconselhável começar com mudas já nascidas, pois o cultivo das sementes é muito difícil e nem sempre oferece garantias de sucesso. O plantio da planta pode ser feito em qualquer época do ano, embora geralmente seja preferível aquele que vai de novembro a março. Para manter a sua groselha sempre exuberante é necessário proceder a uma poda cuidadosa. Durante o primeiro ano bastará guardar apenas os 7-8 ramos mais luxuriantes e cortar os restantes com tesouras bem afiadas.

Quando fertilizar groselhas


A fertilização da groselha pode ocorrer em duas fases distintas. Na primavera é necessário usar nitrato de potássio para ser administrado duas vezes com quinze dias de intervalo, enquanto no outono o sulfato de amônio é a escolha correta para preparar o solo e a planta para o rigoroso clima de inverno. Antes que o frio chegue, o esterco pode ser usado como fertilizante orgânico para oferecer suporte nutricional adicional a esses pequenos arbustos. Na presença de solos leves, às vezes é aconselhável complementar o aparato foliar com magnésio. Uma atenção especial também deve ser dada à fertilização do solo antes do plantio da groselha. Se se acredita que o solo é deficiente, é necessário intervir com uma fertilização preventiva que inclui uma forte dose de nitrogênio e potássio.

Groselhas: exposição e possíveis doenças


A groselha não tem medo do frio e tolera muito bem o frio do inverno. Graças a esta robustez, é capaz de se adaptar até mesmo a condições climáticas adversas. É fundamental preservá-lo de um clima muito quente, preferindo uma exposição parcial à sombra que permite não sofrer muito com o calor excessivo. Pragas como pulgões e cochonilhas podem criar vários problemas para a groselha. Por isso, os ramos que revelam a sua presença devem ser cortados imediatamente com tesouras bem desinfectadas. Posteriormente, é necessário proceder com o uso de um fertilizante adequado. As folhas podem ser afetadas por oídio e antracnose. Ambas as patologias levam à queda das folhas. Evitá-los é simples, basta se certificar constantemente da presença ou ausência de água estagnada que causa a asfixia do

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada.