Dicas

Fúcsia

Fúcsia: história

As flores desta bela e generosa planta além da graça das corolas, de formato inusitado, são conhecidas por apresentarem um tom de cor muito particular, que é o típico tom vermelho fúcsia que fica no meio entre o roxo, o azul e tolet. Esta cor particular é sublinhada pelo contraste entre as pétalas e sépalas de uma mesma corola, quase sempre de cores diferentes: branco e vermelho, roxo e azul, vermelho fúcsia e vermelho arroxeado. O nome desse gênero, que reúne cerca de uma centena de espécies da América Centro-Sul e da Nova Zelândia, lembra o nome de um botânico alemão, Leonard Fuchs, autor de um famoso herbário. A fúcsia é um arbusto muito decorativo, tanto que no Brasil se chama: mato da beleza. As mulheres indígenas extraem uma substância azulada de flores fúcsia que usam como sombra para os olhos. As folhas de fúcsia também são utilizadas como decocções com ação diurética.

Fúcsia: cura


O fúcsia não gosta do sol, mas quer uma boa luz, tem medo do vento e não suporta baixas temperaturas. Nas regiões setentrionais é aconselhável cultivar fúcsia em vasos para poder recolher os recipientes localmente, não aquecidos, da mesma forma que se deve fazer com os gerânios. A fúcsia deve ser regada com certa abundância e fertilizada a cada dez dias com fertilizante líquido. No final do inverno, a fúcsia deve ser vigorosamente podada, removendo-se pelo menos um terço da madeira velha. Fúcsia se propaga por estacas semilenhosas em abril ou agosto, enraizando em solo arenoso. A época mais adequada para o replantio ou transplante coincide com o final do inverno, usando dois quartos de solo de jardim misturado com um quarto de solo de folhas e um quarto de areia e turfa.

Símbolo fúcsia de bom gosto


Na linguagem das plantas e flores, o fúcsia simboliza o bom gosto. A planta pertence à família científica das onagraceae. O nome científico é fúcsia, enquanto nos dialetos de nosso país a planta é chamada de várias maneiras. Os mais conhecidos são: dançarinos, lágrimas da Itália, penderelle, pingentes, brincos de senhora. A planta fúcsia é muito apreciada na fitoterapia e no setor de cosméticos por sua essência. A essência da planta pode acalmar estados de ansiedade proporcionando paz e serenidade. Muito populares são os perfumes femininos que, entre os vários ingredientes, contêm extrato de fúcsia. As plantas fúcsia são fáceis de cultivar, mas você deve prestar atenção a alguns parasitas, como pulgões e moscas brancas.

Fúcsia: as variedades


Entre as espécies mais decorativas de fúcsia está a fúcsia fulgens, que atinge a altura de dois metros, as flores são longas e finas com cores vermelhas e carmim. Esta espécie produz pequenos frutos comestíveis com sabor a maçã. Depois, há a fúcsia magalânica que floresce por meses, vive bem ao ar livre mesmo no norte da Itália, requer poda enérgica no final do inverno e tem flores de várias cores. A fúcsia microphylla, por outro lado, é uma planta com pequenas flores vermelho-cereja, que abre em setembro. Esta é uma espécie bastante rústica. A fúcsia triphylla, por outro lado, atinge a altura de meio metro. É amplamente cultivado em estufas, mas também vive bem ao ar livre durante a boa temporada. Possui muitas variedades de flores, até duplas, em tons de cores contrastantes.

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada.