Dicas

Flores de vassoura

Origens e características das flores de vassoura

Pertencente à papilonácea, a vassoura é um arbusto e planta sufrutticosa nativa da Ásia, de algumas áreas da África e da Europa. Essa espécie inclui muitas variedades diferentes, cerca de oitenta, e todas têm em comum o fato de não possuírem folhas. Nos raros exemplares em que as folhas estão presentes, elas não duram muito, são poucas e os ramos que as carregam também são cobertos de espinhos. Assim que as primeiras flores aparecem, as folhas caem imediatamente. Este arbusto tem uma forma arredondada e é muito ramificado, a sua folhagem se expande muito em altura, até aos três metros; os caules são claros mas lenhosos, de cor verde escura ou acastanhada. Além das flores amarelas e muito perfumadas, as vassouras também produzem frutos, vagens longas que contêm as sementes, que podem ser utilizadas para criar novas mudas.

Cultivo de flores de gorse


As vassouras são plantas muito bonitas por isso são muito utilizadas para fins ornamentais em jardins, mesmo nos rochosos para os quais são muito adequadas; poucos sabem, mas as vassouras também são utilizadas para reflorestar áreas onde a intervenção humana eliminou muita vegetação e também áreas perigosas, como falésias e escarpas, para garantir a consolidação do solo. Graças às suas raízes densas e resistentes, a vassoura segura os torrões, evitando a formação de deslizamentos e desabamentos. Também difundida na natureza em toda a área do Mediterrâneo, a vassoura com suas belas flores coloridas e perfumadas também é muito adequada como planta de casa, para ser cultivada em vasos. Qualquer tipo de solo é bom porque esta espécie cresce em todos os lugares,

Cuidado e manutenção das flores do Gorse


A vassoura resiste bem mesmo em áreas áridas, pois não precisa de irrigação frequente, pelo contrário, é bom que o solo nunca fique úmido por muito tempo, principalmente no inverno. Somente durante a floração e somente se cultivada em vasos a vassoura precisa de rega mais regular. A fertilização deve ser feita apenas uma vez no período de floração, utilizando apenas produtos específicos. A vassoura pode ser propagada por semente ou por estaca: a semeadura deve ser feita na estação fria, enquanto a estaca pode ser feita no verão. Para fazer um corte, basta pegar um galho comprido e plantar em um bom solo. A poda deve ser feita uma vez por ano para remover as partes danificadas, enquanto os espécimes jovens devem ser cortados para favorecer o desenvolvimento de novos brotos e a expansão da copa.

Usos e variedades de flores de vassoura


A vassoura é um arbusto muito resistente e a única coisa que pode quebrá-la é a podridão da raiz, então tome cuidado para não regar demais. As flores de vassoura, além de graciosas e perfumadas, também são boas para comer: em muitas cozinhas são de fato utilizadas em saladas com outros vegetais e temperadas com azeite, sal e vinagre. Obviamente, as flores só podem ser ingeridas se a planta nunca tiver sido tratada com produtos químicos. As principais variedades de vassouras são: a espanhola cytisus grandiflorus, que pode ultrapassar os habituais três metros de altura; cytisus canariensis, um nativo das Canárias com flores de perfume ainda mais intenso; o cytisus procumbens, que é uma variante anã e não ultrapassa quarenta centímetros de altura, e finalmente o cytisus battandieri, que se torna uma pequena muda de cerca de cinco metros. Na linguagem das flores, a vassoura indica humildade.

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada.