Dicas

Cultivo de mirtilo

Os mirtilos.

As plantas de mirtilo são arbustos com cerca de 60 centímetros de altura, típicos da vegetação rasteira, da cintura montanhosa e geralmente de solos ricos em húmus. As várias espécies podem ser divididas em três grandes grupos relacionados à cor dos frutos: vermelho, preto ou azul. Tanto as frutas quanto as folhas têm muitas propriedades benéficas, antioxidantes, curativas e até mesmo hipoglicêmicas. Podem ser consumidos como decocções, chás de ervas, enquanto os frutos podem ser consumidos assim que colhidos ou como compotas, doces e tudo o que a imaginação sugerir. Para aproveitar ao máximo os efeitos benéficos do mirtilo, é bom consumi-lo como infusão, decocção, extrato ou tintura-mãe. Se for consumir as folhas, é bom seguir rigorosamente as medidas, pois podem ser tóxicas por conter hidroquinona, um fenol que tem efeitos irritantes e alergênicos.

O cultivo do mirtilo americano.


O mirtilo americano, também conhecido como cranberry, é típico da América do Norte e é comum em florestas e áreas pantanosas. Ele tem sido usado para irritação do trato urinário desde os tempos dos índios americanos, e agora os suplementos de cranberry são prescritos para infecções ou irritações. O mirtilo americano é útil para evitar recaídas em caso de cistite. O cultivo do mirtilo envolve um aumento de seu tamanho: se os frutos silvestres têm um diâmetro de cerca de 0,5 centímetros, o diâmetro da espécie cultivada chega a 1 ou 2 centímetros. A colheita de mirtilo americano concentra-se entre agosto e setembro. Para cranberry é necessário usar solo com pH ácido: é bom analisar o solo e ver se o pH correto está presente antes de começar a cultivar esse tipo de mirtilo. Para aumentar a produção dos bagos é bom aumentar a irrigação das plantas durante os períodos de calor, bem como adicionar húmus ou charneca por baixo da planta. A planta de cranberry não precisa de poda, a não ser simplesmente remover os galhos mortos.

O cultivo de mirtilo.


O mirtilo está presente tanto na variante europeia quanto na americana, em áreas montanhosas entre 500 e 2.000 metros de altura. A colheita do mirtilo ocorre entre julho e agosto. Para cultivar bem o mirtilo, recomenda-se preparar a caixa cavando um buraco de 70 x 70 centímetros e enchendo-o com turfa pura. Desta forma, serão criadas as condições ideais de acidez do solo e a planta exuberante. Tal como acontece com todas as espécies de mirtilo, também é essencial aqui que o solo seja adequado, uma vez que os mirtilos pouco se adaptam à variedade de solos. O mirtilo é rico em substâncias, em pró-vitamina A – o beta-caroteno que é bom para os olhos – vitamina B e vitamina C. Não é adequado para quem sofre de pedras nos rins, pois pode causar sua formação.

Cultivo de mirtilo: O cultivo do mirtilo gigante.


O mirtilo gigante selvagem é típico da América e é desconhecido na Europa: aqui o cultivo se concentra nas espécies domésticas do mirtilo gigante americano, pois é muito conveniente ser a espécie com maior rendimento de frutos. A vindima começa no final de junho e vai até setembro. O cultivo do mirtilo gigante possui algumas características comuns ao mirtilo americano, ou seja, o pH do solo abaixo de 7, irrigação abundante e aportes outonais de húmus, por serem originários do mesmo continente e estarem entre as espécies menos adaptáveis ​​às diversas condições ambientais. Enquanto para o mirtilo americano a poda não é necessária, o mirtilo gigante necessita apenas de 6 ou 7 hastes produtivas e que todo o arbusto receba ar graças a um afinamento regular dos ramos.

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada.