Dicas

Cultivo de gerânio

Como regar o gerânio

Como muitas mudas, o gerânio requer muito sol e solo fértil e bem drenado. Para mudas cultivadas no solo, deve-se ter cuidado quando o solo ficar seco, especialmente durante os períodos de seca. Um ou dois dias de solo seco podem danificar seriamente um gerânio. As plantas cultivadas em vasos merecem maior consideração. Uma verificação diária é essencial, pois o cultivo ao ar livre está sujeito ao sol e ao vento. Nessas condições, o solo nos vasos seca mais rapidamente do que nos canteiros. Recipientes feitos de materiais porosos, como argila, são ainda mais vulneráveis. Os gerânios geralmente precisam de grandes quantidades de água. No entanto, é necessário verificar se os orifícios de drenagem estão livres para evitar o apodrecimento das raízes da planta. Se possível, a irrigação ideal é feita nas primeiras horas da manhã, para evitar a estagnação da água nas folhas durante a noite, o que muitas vezes leva ao aparecimento de doenças. A rega direcionada da área da raiz, usando tubos, é preferível para eliminar o perigo de respingos de água nas folhas ou flores.

Como curar gerânio


Os gerânios são cultivados no jardim e em vasos. Estas são principalmente plantas que amam o sol e o calor. No verão, é preferível mantê-los em uma área ao ar livre (canteiro, varanda, terraço), enquanto no inverno é recomendável transferi-los para uma estufa ou varanda. Os gerânios crescem por anos se forem protegidos de períodos de geada. Com o tempo, o solo se torna compacto e tende a se acumular para baixo. Nessas condições, o sistema radicular fica sem o oxigênio necessário para manter a planta viva. É necessário, de vez em quando, repor o solo, que deve ser sempre fresco e rico em nutrientes. É graças ao composto que as raízes se desenvolvem melhor. A poda de rotina pode ser útil para manter o gerânio com a melhor aparência. Não só ajuda a prevenir o crescimento desproporcional, mas também para corrigir ramos muito longos. Por natureza estas plantas tendem a ter crescimentos irregulares, mas tendemos a cortar os ramos pelo menos uma vez por ano para obter uma forma compacta e grossa. Além da poda, dar às plantas mais espaço e aumentar a exposição à luz pode resolver o problema de galhos muito longos.

Como fertilizar gerânios


Se o gerânio carece de nutrientes importantes, ele tende a apresentar sintomas óbvios de angústia. A falta de nitrogênio resulta em crescimento lento ou até mesmo em um desenvolvimento atrofiado, com possível amarelecimento das folhas. Se o gerânio não receber fósforo suficiente, a folhagem fica verde escura. Se a deficiência for severa, as folhas adquirem uma cor púrpura avermelhada e eventualmente morrem. A falta de potássio causa necrose e fraqueza das hastes. As necessidades nutricionais dos gerânios externos diferem das das plantas domésticas. Os gerânios externos precisam se beneficiar de um fertilizante de liberação lenta para evitar a perda de nitrogênio durante as chuvas fortes e para garantir um suprimento constante para o crescimento das plantas. Um gerânio mantido em uma caixa, em vez disso, tem menos necessidade. Uma mistura de solo rica em nutrientes, consistindo de uma parte de areia e uma parte de turfa, é suficiente nos primeiros estágios de crescimento. Para plantas ao ar livre, o fertilizante deve ser adicionado ao solo no início da primavera. Por volta do mês de julho, um segundo aplicativo é usado na metade da quantidade.

Cultivo de gerânio: algumas doenças do gerânio


Os gerânios são extremamente tolerantes. Porém, como em qualquer planta, podem surgir problemas que comprometem sua saúde. Felizmente, não existem muitas pragas atraídas pelos gerânios, e a maioria das doenças é facilmente tratável. As lagartas costumam fazer furos nas folhas. Um inseticida sistêmico é suficiente para eliminá-los. Um gerânio raramente é atacado por caracóis. Se aparecerem manchas marrons no verso das folhas, a planta tem um distúrbio fisiológico chamado edema. Mais do que uma doença, é uma condição causada pela irrigação não regulamentada. O edema causa pústulas nas folhas. Outro inimigo do gerânio é o mofo cinza que danifica folhas e flores, tornando-as podres. A solução é fornecer ventilação adequada para que haja troca de ar, e no uso de um fungicida específico. Se ocorrer amarelecimento das folhas, os motivos podem ser: iluminação insuficiente ou rega insuficiente ou muito frequente. Em casos graves, a morte da planta ocorre devido a parasitas de animais que danificam o sistema radicular da planta.

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada.

Mira también
Cerrar