Dicas

Cultivo de babosa

Cultivo de babosa

Uma planta que tem sido usada e cultivada há milênios por suas qualidades benéficas e ornamentais. Nativa da África Austral, existem mais de quatrocentas espécies que distinguem a família Aloeaceae. As mais difundidas e conhecidas são as espécies de Aloe barbadensis e Aloe arborescens. Adequados para climas quentes, eles requerem pouca atenção, sejam cultivados em ambientes internos ou externos. O único cuidado fundamental é não deixá-los sofrer geadas e temperaturas muito rígidas. Dentro de casa, o cultivo de Aloe requer luz direta e pouca água. A irrigação deve ser limitada no inverno, se você exagerar, corre o risco de apodrecer as raízes. No verão, ela sofre longos períodos de seca e temperaturas escaldantes. Dependendo da espécie, as plantas de Aloe florescem principalmente do inverno à primavera.

Cultivo de babosa em casa


Poucos tratamentos e muitos benefícios ao seu alcance com o cultivo de Aloe em casa. A planta, de fato, se adapta bem a ambientes internos, desde que sejam ao abrigo de correntes e temperaturas não inferiores a vinte graus. Pode ser reproduzido por meio de semeadura ou também se enraíza por estacas, o importante é não manter o solo muito úmido e úmido. As plantas de babosa também podem ser cultivadas em vasos e, vivendo em ambientes fechados, precisam de exposição direta à luz. A comodidade desta planta não diz respeito apenas à pouca manutenção que requer, mas também a todos os benefícios que, através da sua aplicação, o organismo tem. Para experimentar algumas pequenas queimaduras, a polpa carnuda das folhas pode ser facilmente extraída com uma colher, a aplicação irá garantir uma proteção antibiótica natural e fortemente cicatrizante.

Cultivo e reprodução de Aloe


Semear e cortar são os dois métodos de cultivo de Aloe. As sementes devem ser enterradas no mês de março, a temperatura a ser mantida, para uma germinação adequada, não deve ser inferior a vinte graus A reprodução por estacas consiste em cortar uma das folhas mais externas da planta na base. É necessário deixar a estaca repousar alguns dias antes de realizar o arrependimento em vaso. É preferível usar um solo composto de turfa e areia para o cultivo do Aloe, elementos que facilitam o processo de enraizamento, a criação de novas raízes e o crescimento da própria planta. A fertilização não deve ocorrer com muita frequência e se a planta também for usada para a gelatina benéfica, é aconselhável administrar apenas componentes orgânicos e biológicos.

Use Aloe


Fácil de cultivar e prático de usar, Aloe barbadensis ou Aloe arborescens é um verdadeiro benefício para o tratamento de doenças de pele menores. A polpa macia das folhas em espada representa um verdadeiro antibiótico e antiinflamatório natural. A aplicação na pele garante inúmeros efeitos contra irritações, vermelhidão, queimaduras e danos causados ​​pela má exposição ao sol. Suas qualidades curativas ajudam a derme a eliminar quaisquer cicatrizes ou manchas escuras. O cultivo de aloés garante uma série de pequenos remédios notáveis ​​para o cuidado da pele, por isso é importante que as plantas sejam tratadas com fertilizantes orgânicos e não químicos. A planta Aloe não é apenas uma planta decorativa para acompanhar a casa, é uma verdadeira panaceia sempre à mão.

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada.