Dicas

Cultivation calle

Cultivo de Calla: características gerais

Antes de prosseguir com a explicação de quais são as técnicas de cultivo dos copos-de-leite, é conveniente descrever as características gerais desta flor. Pertence à família Araceae e ao gênero Zantedeschia; é uma flor bulbosa sem haste, onde a estrutura aérea se desenvolve a partir de um bulbo subterrâneo. A principal característica é dada pela presença de uma flor que se desenvolve da primavera ao verão. Possui um pistilo alongado e amarelo (denominado espata) em torno do qual é enrolada uma folha branca que leva o nome de spata. O calla é uma flor nativa do sul da África, pode ser vista crescendo espontaneamente das regiões do Cabo da Boa Esperança até o equador. Nesses locais, pode atingir um tamanho máximo de cerca de meio metro de altura. Adequada tanto como flor ornamental para jardim (plantada perto de riachos ou lagoas) e como flor de corte para ambientes internos.

Cultivation calle: cultivo


O cultivo de copo-de-leite deve seguir um procedimento preciso, pois não são exemplos que se adaptam a qualquer ambiente ou prática de cultivo. No que diz respeito à rega, devem ser realizadas de acordo com uma prática muito específica para evitar o apodrecimento do bolbo. A sua frequência depende do estado vegetativo (da presença ou ausência de inflorescências), da zona onde se encontra e das condições climáticas a que está sujeito. Em geral, durante o verão, é necessário regar pelo menos 3/4 dias por semana; suspendê-los durante o inverno e retomá-los na primavera, de modo a alimentar o desenvolvimento das inflorescências. A irrigação deve ser lenta e praticada no início da manhã ou à noite. Mesmo do ponto de vista da fertilização, os copos-de-leite são muito exigentes. O solo deve ser fertilizado tanto no plantio dos bulbos quanto no desenvolvimento vegetativo. Neste último caso, a planta deve ser alimentada todos os meses com fertilizante de potássio líquido misturado com a água de rega. A fertilização é suspensa quando o resto vegetativo do calla chega.

Cultivo de Calla: reprodução


A reprodução pertence à técnica de cultivo de lírios de calla. A reprodução desta espécie floral se dá pela divisão dos rizomas a serem praticados na primavera ou no verão. O plantio dos bulbos pode ser feito no solo ou em vasos. Os rizomas podem ser enterrados inteiros ou divididos, o que importa é que cada pedaço tenha pelo menos dois brotos, mais conhecidos como olhos. Eles estão enterrados a uma profundidade de cerca de 8/12 centímetros e espaçados cerca de 30 centímetros. Se cada bulbo for dividido em vários pedaços, as áreas cortadas devem ser tratadas com fungicidas e deixadas ao ar livre para secar cerca de 18/24 horas antes de serem enterradas. Para permitir a germinação dos bulbos, é necessário manter uma temperatura constante em torno de 15 ° C,

Cultivo de Calla: poda e doenças


Depois de compreender quais são algumas técnicas que se deve conhecer para o cultivo de copo-de-leite, é necessário focar na prática da poda e nas principais doenças que podem afetar essas flores ornamentais, levando-as à morte. No que diz respeito à poda, como em qualquer outra flor ou planta, é conveniente desinfetar a lâmina da tesoura. Quando as inflorescências começam a perder vigor e secam, todo o caule deve ser cortado a alguns centímetros da base de toda a estrutura. O mau cuidado com os copos-de-leite ou a aplicação de técnicas de cultivo incorretas podem levar ao aparecimento de doenças ou ataques de parasitas que são muito prejudiciais a essas flores. Por ser uma planta delicada, o calla, se não forem tomadas as devidas precauções, pode sofrer podridão da raiz ou do colarinho. Se for plantado em solo não drenado, muito úmido e encharcado por rega, pode estar sujeito a ataques de fungos, cochonilhas, ácaros e pulgões.

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada.