Dicas

Chagas de anão

A rega da capuchinha anã

A capuchinha anã prefere climas amenos, sendo afetada pelas temperaturas excessivas de invernos muito frios ou verões tórridos. A planta necessita de regas regulares, até duas ou três vezes por semana, mas tendo o cuidado de não criar estagnação, por isso é aconselhável, antes de prosseguir com a operação, verificar se o solo está seco pressionando apenas com a ponta dos dedos nas proximidades .na base da capuchinha: se sentir que o solo alguns milímetros abaixo da superfície está seco, regue-o, caso contrário, espere um ou dois dias para prosseguir. A planta de origem peruana tem a particularidade de possuir folhas hidrorrepelentes. Na verdade, se você derramar água sobre eles, ela permanece na forma de gotículas, que com um breve toque convergirão para dentro do pequeno escudo.

Cultivo e cuidado


Embora em algumas áreas seja possível cultivá-la de forma perene, a maior difusão da Chagas é anual. As formas de multiplicar esta bela planta são diferentes: através das sementes que são colhidas após a floração, das estacas ou rebentos, enterrando o rebento. Dependendo da temperatura e do local de destino da Chagas anã, interna / externa, escolhe-se o período em que enterrar as sementes: maio-junho para o exterior; Fevereiro-março na estufa ou no apartamento, tomando cuidado para não colocar os vasos em local muito ventilado. É bom lembrar que a planta requer pelo menos duas ou três horas de sol direto (mas não nas horas mais quentes) para ter uma bela floração; portanto, é aconselhável, se dentro de casa, colocá-lo perto de uma janela iluminada pelo sol.

O solo e fertilização


A capuchinha precisa de um tipo de solo drenante, mas também não particularmente fértil, pois o crescimento das folhas acabaria por prevalecer sobre as flores. É uma planta que não requer muitos cuidados, mas ainda alguns cuidados, principalmente na fertilização: os microelementos de que mais necessita são o nitrogênio, o fósforo e o potássio, mas não nas mesmas quantidades para cada fase da vida da planta. Na verdade, no primeiro período de crescimento é aconselhável usar um fertilizante com maior teor de nitrogênio, enquanto durante as fases de floração é bom usar um fertilizante com maior potássio. Já para uma floração mais rica, o fertilizante para plantas com flor pode ser diluído na água de rega, reduzindo pela metade as doses indicadas no produto e em períodos não muito próximos (a cada duas ou três semanas).

Chagas de anões: conselhos práticos


Se cultivadas ao ar livre, as plantas de capuchinha anã podem ser preservadas das geadas de inverno e, portanto, da morte com uma boa cobertura morta; no verão, por outro lado, a sombra de uma árvore pode preservá-los do mesmo fim causado pelo sol escaldante. Se no outono as folhas começam a perder o vigor e a cor, para as plantas anuais isso significa o início do período de descanso do inverno: mas também é o sinal de que a planta não precisa mais de água (pelo menos até a próxima primavera). No verão, os maiores riscos são causados ​​por infestações de pequenos insetos, como piolhos, que atacam as folhas e botões mais tenros. Você pode intervir manualmente com muita paciência ou pode recorrer a produtos sistêmicos que entram na circulação linfática da planta, erradicando a infestação.

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada.