Dicas

Barbabietola da zucchero

Irrigação de beterraba sacarina

A beterraba sacarina é uma cultura muito sensível à irrigação. Na verdade, para aumentar a produtividade da beterraba é fundamental fornecer a quantidade certa de água no momento mais adequado. A falta de suporte de água ou erros no tempo de administração da água podem causar sérios danos a toda a cultura. A irrigação permite aumentar significativamente o rendimento da beterraba. Na fase inicial de crescimento é aconselhável fornecer água suficiente para garantir o rápido desenvolvimento das plantas. Depois de desenvolvida a beterraba, as irrigações podem ser feitas em ciclos com turnos de cerca de 14 dias, tendo também em consideração a tendência climática. A técnica de abastecimento de água mais utilizada é a da chuva,

Como cultivar beterraba


A beterraba sacarina é uma planta usada como cultivo de renovação, normalmente entre duas safras de trigo. Na verdade, é capaz de deixar um solo em excelentes condições para o cultivo posterior. A primeira etapa fundamental é a aração profunda, a ser realizada no verão, após o término da colheita da safra de cereais. Em relação à semeadura, o local de cultivo é levado em consideração. Em particular, em áreas com invernos amenos e temperaturas bastante elevadas, a semeadura é realizada em outubro para prosseguir com a colheita no início do verão. Já nas áreas com invernos mais frios, a semeadura é postergada para o início da primavera e a colheita ocorre em setembro, quando a concentração de açúcares na raiz é máxima. No passado, a semeadura era feita manualmente, e posteriormente foi necessário proceder ao desbaste das plantas excedentes. Hoje recorremos ao uso de equipamentos específicos que permitem distribuir uniformemente a semente e por isso a técnica de desbaste não é mais utilizada. A colheita consiste no arrancamento das raízes do solo e na eliminação do colar das folhas.

Fertilização de beterraba sacarina


Na fase inicial de preparação do solo para o cultivo da beterraba sacarina, é útil proceder a uma fertilização abundante com esterco maduro ou com fertilizantes minerais à base de nitrogênio. A fertilização com nitrogênio pode ser realizada inteiramente durante a fase de semeadura, ou pode ser dividida em duas fases: a primeira fertilização é realizada durante a semeadura e a segunda durante a fase de crescimento da planta. A beterraba sacarina é uma planta muito afetada pela presença de ervas daninhas e pode ter sérios problemas se você não correr para se proteger. No passado, quando o cultivo era principalmente manual, era feita a capina, que tinha por objetivo eliminar as ervas daninhas. Hoje, produtos químicos específicos são usados ​​para a remoção de ervas daninhas. A sacha é realizada na fase anterior à semeadura e durante o cultivo em caso de emergência. A sacha é realizada após o desenvolvimento das plantas, para eliminar a crosta superficial e cobrir as raízes durante a fase de crescimento.

Beterraba sacarina: doenças e curas


No caso de a beterraba ser semeada muito cedo, as mudas podem ficar expostas a geadas tardias que podem causar pré-floração. Nesse caso, a planta emite a flor no mesmo ano da semeadura, comprometendo a qualidade da raiz. Em caso de granizo, a planta é estimulada a formar novas folhas e isso afeta as reservas de sacarose presentes na raiz, diminuindo a concentração de açúcares e diminuindo a qualidade do produto. Os principais problemas de origem viral são a rizomania e o amarelo virótico. As micoses que podem atacar a beterraba são a puccinia, a cercospora e o míldio. Entre os insetos nocivos ao cultivo estão os elaterídeos, a pulga da beterraba, o cleono, os pulgões, os noctuídeos e o gorgulho. Entre os tratamentos de pesticidas são necessários aqueles contra as pulgas da beterraba e contra o cleono. Além disso, é fundamental intervir com fungicidas contra cercospora e míldio, para evitar a perda de toda a cultura.

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada.