Dicas

Quando plantar lavanda

Informações e notas botânicas

O gênero Lavandula inclui plantas arbustivas perenes comumente conhecidas como lavanda. Cerca de 40 espécies são conhecidas, embora a mais difundida e cultivada seja Lavandula angustifolia. É nativo das regiões mediterrâneas e na Itália cresce espontaneamente em muitas áreas rurais e montanhosas. O nome vulgar deriva do verbo latino lavar, já que no passado a lavanda era usada principalmente para o preparo de banhos e compostos de limpeza e cuidados com o corpo. O caule é único, coriáceo, carregando nas laterais numerosas folhas compridas, lanceoladas, verde-escuras. As flores são azuis ou roxas (embora existam variedades quase inteiramente brancas) e agrupadas em inflorescências em forma de espinhos. Florescem na primavera e nas zonas temperadas é possível admirar suas flores até dezembro.


Os melhores momentos para plantar lavandaeles são outono e primavera; o primeiro diz respeito a regiões de clima temperado, enquanto a primavera é recomendada para regiões onde o clima é um pouco mais rígido. Você pode comprar mudas já iniciadas em viveiros especializados, mas o solo de cultivo deve primeiro ser preparado: deve ser bem drenado, por isso é bom aplicar um substrato como perlita ou vermiculita, e exposto em locais ensolarados. Resiste facilmente a qualquer tipo de temperatura (algumas espécies de lavanda também toleram temperaturas abaixo de 10 graus) e precisa de regas esporádicas, já que não tolera umidade de forma alguma (muitas vezes acontece que solos muito úmidos levam ao apodrecimento das raízes). Todos os anos, em março-abril, os picos secos podem ser podados por 2/3,

Semeadura e reprodução


Normalmente vendidas em viveiros e hipermercados, as sementes de lavanda são difíceis de administrar; sua cutícula externa os protege da umidade excessiva e permite que sobrevivam um inverno inteiro sem germinar. Muitas vezes, após a semeadura, os vasos cobertos com uma folha de plástico são colocados em locais refrigerados, induzindo-os a uma espécie de letargia invernal. Após cerca de um mês e meio, os vasos são expostos ao sol, umedecendo o solo com água não calcária ou por osmose reversa. Se o processo for bem-sucedido, levará de 2 a 4 meses para germinar. A reprodução por estacas é mais simples, pois os ramos retirados da planta-mãe criam raízes rapidamente. As mudas são plantadas na primavera, tomando-se o cuidado de retirar as folhas da base e imergi-las em um composto de enraizamento; o solo deve ser bem drenado e pela primeira vez os frascos devem ser expostos a um período de foto estável (pelo menos 12 horas de luz e 12 horas de escuridão). Depois de alguns meses, as mudas podem ser plantadas no jardim ou transferidas para um vaso maior.

Usos e propriedades


A alfazema é uma planta conhecida desde os tempos antigos. O primeiro a descrevê-la foi o médico e botânico Dioscorides Pedanius, por volta de 50 aC, que descobriu essa planta e suas inúmeras propriedades nas ilhas Stecadi, no sul da França. Seu uso se intensificou na Idade Média, principalmente nas cortes e nobres, que utilizavam a lavanda para o preparo de pomadas e detergentes, bem como nas embalagens de sabonetes, ainda hoje muito famosos. As propriedades benéficas da lavanda são dadas principalmente pelo óleo essencial nela contido, que possui propriedades emolientes, cicatrizantes e relaxantes. As infusões contra dores de cabeça e estresse são preparadas principalmente com flores, devidamente secas por vários meses. Os mesmos também são usados ​​para a preparação de sacos perfumados;

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada.