Dicas

O calêndula

Irrigação do calêndula

O calêndula forma buquês muito atraentes para embelezar a casa. A única desvantagem é o seu cheiro que muitos não gostam porque é muito intenso e selvagem. A rega do calêndula deve ser regular, mas modesta. Na verdade, essa planta não tem muitas pretensões, mas é igualmente capaz de manter qualquer área verde colorida e completa. O solo ideal, entretanto, tenderá a ser seco. Se, em vez disso, o calêndula for cultivado em vasos, o abastecimento de água torna-se essencial. No entanto, se a rega for excessiva pode causar um resultado bastante negativo, em particular para as espécies anãs que podem apodrecer em contacto com a humidade. Em qualquer caso, o calêndula é uma planta muito utilizada sobretudo pelo seu aspecto colorido e gracioso e também é muito apreciada pelos hibridadores.

Cultivo de calêndula


A semeadura do calêndula em vidro deve ocorrer preferencialmente nos meses de março e abril. As sementes são levemente cobertas na temperatura certa para obter uma germinação rápida. Depois, as mudas vão para as bandejas e são plantadas em maio. Caso contrário, o calêndula deve ser semeado a partir de fevereiro considerando o clima e a disponibilidade de estufa aquecida. Os cassetes com solo macio devem ser mantidos úmidos por pulverização ou segurando os recipientes em um filete de água. Com boa ventilação e temperatura adequada, o risco de bolores é eliminado, enquanto a germinação será concluída em duas semanas, mesmo que a própria temperatura influencie no resultado final. As plantas serão então transferidas para seu local final o mais rápido possível.

Fertilização de calêndula


O calêndula não requer um solo particular, mesmo que não aceite água estagnada. Esta erva é boa em solos pobres e leves, pois a abundância de nitrogênio, por exemplo, causaria o desenvolvimento exagerado de folhas e pouca floração. Para a variedade anã, por outro lado, solo muito rico leva ao crescimento excessivo com hastes que se dobram facilmente. O único remédio possível é usar solo com areia. Além disso, é sempre recomendável formar uma camada de argila e cascalho no fundo do vaso. A fertilização da planta, por outro lado, deve ocorrer durante a floração e deve ser administrada junto com a água de irrigação, geralmente a cada quinze dias. Enquanto no solo, nenhuma fertilização particular é necessária;

O calêndula: exposição e doenças do calêndula


O calêndula adora a exposição ao sol para florir, mesmo que se adapte facilmente a momentos de sombra, talvez pela manhã. No entanto, esta planta teme o frio, por isso no inverno é bom mantê-la abrigada e depois transportá-la para fora nos meses quentes. A calêndula é atacada por pulgões, parasitas dessa planta, apesar de ser forte e saudável. Na verdade, geralmente não requer tratamentos específicos porque é bastante autônomo. Mas se você deseja sempre uma floração abundante, é melhor limpar as flores que murcharam. O calêndula insere-se com prazer em jardins e hortas devido às suas raízes que emitem substâncias úteis para eliminar os nemátodes, pelo que pode ser visto com frequência perto de roseiras. Já na horta, o calêndula recupera as terras também exploradas pelo cultivo da batata e do tomate.

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada.

Mira también
Cerrar