Dicas

Califfa

Califfa

Pertencente à família Euphorbiacee, a Califfa é uma planta nativa das áreas tropicais pertencentes à Ásia. Seu nome científico é Acalypha, enquanto o nome comum que vem de uma tradução popular é Acalifa. Apesar disso, em muitas áreas e países, é comumente chamado de Califfa. A califfa parece uma planta arbustiva, mas com dimensões bastante generosas. A característica desta planta são as folhas em forma de coração de cor verde brilhante e brilhante e as flores pendentes de várias cores, que vão do rosa ao vermelho ao fúcsia. As florações ocorrem no final da primavera para que a planta mantenha suas flores até o período de outono. A califfa é uma planta pouco comum nas nossas zonas mas de fácil cultivo, mas o importante é respeitar as suas necessidades em termos de luz, umidade e temperaturas. É uma planta pouco resistente ao frio, aliás, é cultivada em vasos de forma a acomodá-la em ambientes fechados e protegidos e depois transportá-la para o jardim ou para a varanda nos períodos mais quentes. Isso não significa que não possa ser cultivada a céu aberto, neste caso é cultivada como planta anual e, dela, são utilizadas estacas.

Cultivo


Como já mencionado acima, a Califfa é uma planta fácil de cultivar mas que necessita de cuidados e atenção especiais. O ambiente em que a planta se desenvolverá deve ter características adequadas às necessidades de nossa planta. Primeiro, o ambiente deve ter um alto nível de umidade. A umidade ambiente é uma das características mais importantes, intimamente ligada ao clima dos países tropicais de origem dessas plantas. É aconselhável evitar a exposição da planta em locais secos, pois acarreta a queda precoce das folhas e é aconselhável nebulizar a folhagem de forma a criar umidade ao redor da planta. Outro aspecto importante é a exposição, ela deve ser colocada em locais onde haja boa iluminação. Importante, no entanto, é nunca colocá-lo sob a luz direta do sol porque eles podem enfraquecê-lo e não teremos nenhuma floração naquele ano específico. A luz é um fator muito importante para essas plantas, pois dela derivam substâncias que permitem manter vivas as cores das flores. Por último, devemos estar atentos às temperaturas, devem ser altas porque a Califfa é uma planta tropical. As temperaturas nunca devem cair abaixo de 10 ° C e por isso, no inverno, é aconselhável deslocar a planta para dentro de casa para protegê-la do vento e das geadas. devemos estar atentos às temperaturas, devem ser altas porque a Califfa é uma planta tropical. As temperaturas nunca devem cair abaixo de 10 ° C e por isso, no inverno, é aconselhável deslocar a planta para dentro de casa para protegê-la do vento e das geadas. devemos estar atentos às temperaturas, devem ser altas porque a Califfa é uma planta tropical. As temperaturas nunca devem cair abaixo de 10 ° C e por isso, no inverno, é aconselhável deslocar a planta para dentro de casa para protegê-la do vento e das geadas.

Solo e repotting

Califfa prefere solos ligeiramente ácidos e arejados, o ideal para estas plantas é uma mistura de terra, turfa e terra de folhas de faia usadas em partes iguais. O solo que sairá desse composto garantirá à planta a acidez de que ela precisa, ou seja, um ph que vale seis. Para criar um terreno adequado para o cultivo dessas plantas, também é possível usar produtos especiais que podem ser encontrados em qualquer florista, viveiro ou ponto de venda específico. A califfa é uma planta de crescimento rápido e abundante tanto em folhas como em flores. Em virtude disso, necessita de muitos nutrientes que lhe dão força para um desenvolvimento adequado. A força não vem apenas de um bom solo, mas também de um repoteamento correto. O repoteamento deve ser feito anualmente entre fevereiro e abril e devem ser usados ​​vasos um pouco maiores do que os anteriores. Uma vez que a planta cresceu, os repotting tornam-se um pouco difíceis e exigentes, de fato, não iremos mais trocar o vaso, mas apenas remover os primeiros cinco centímetros de solo e substituí-lo por um solo mais novo e mais fresco.

Rega, fertilização, poda

A califfa deve ser regada constante e regularmente ao longo do ano. O solo nunca deve ser deixado seco e seco, mas também não deve ser encharcado com água. O excesso de água pode promover doenças do sistema radicular e danificar a planta. No período mais quente, é aconselhável nebulizar a folhagem da planta e «limpar» as folhas para obter o máximo brilho. Já as fertilizações devem ser feitas no período de março a setembro a cada 15 dias. O fertilizante a ser utilizado é um fertilizante líquido que deve ser diluído em água para rega. As doses a serem administradas devem ser ligeiramente reduzidas em comparação com as indicadas na embalagem do produto. A multiplicação da califa realiza-se por estacas e as estacas devem ser retiradas de plantas sãs com pelo menos 3 anos de vida. As estacas devem ter no mínimo doze centímetros de comprimento com folhas e botões e devem ser colocadas em local protegido e em solo ácido. Depois que as novas raízes crescerem, as mudas podem ser colocadas em um único vaso separado e cuidadas como se fossem plantas normais.

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada.

Mira también
Cerrar