Dicas

Buganvílias como curar

Meio de rega e cultivo de buganvílias

O Bouganville não tem necessidades especiais de irrigação. A planta, porém, deve ser irrigada com freqüência no verão, com quantidades de água adequadas ao nível de temperatura, embora necessite de regas muito esporádicas com a chegada do outono. O Bouganville sofre muito com a estagnação da água: a asfixia da planta e a podridão das raízes podem ser deduzidas do amarelecimento das folhas e da falta de floração. O solo que garante a saúde da planta é fértil e bem drenado. Bouganville tolera bem a salinidade do solo, mas não o calcário e muito menos a umidade excessiva. É uma planta que adora calor e deve ser exposta ao sol; no inverno, deve ser reparado com os panos de jardinagem apropriados e as raízes devem ser cobertas com tecido não tecido perfurado.

Cultivo e cuidados com buganvílias


A reprodução da buganvília se dá com a técnica de corte, ou seja, retirando um galho de cerca de um ano da planta-mãe. O enraizamento da estaca é finalizado em 3 semanas, desde que colocada em local com temperatura constante de 20 ° C e em meio de cultura de turfa misturada com areia. O corte também pode ser realizado no período de descanso da planta, sempre respeitando as indicações de temperatura e substrato de crescimento. A poda do Bouganville deve ocorrer em fevereiro, ou seja, antes do seu reinício vegetativo. Esta operação é realizada cortando os ramos secos e desbastando a copa da planta, bem como retirando parte dos rebentos (menos de um terço) para garantir que o crescimento da Buganvília incide sobre alguns rebentos, mas viçosos.

Fertilização de buganvílias


Bouganville deve ser fertilizado a cada 2 ou 3 semanas, em geral, e semanalmente durante a época de floração. A fertilização deve ser interrompida durante o período de descanso da planta. Pode-se optar por um composto sólido ou um fertilizante líquido, desde que sejam produtos adequados para plantas com flores e, principalmente, ricos nos principais microelementos necessários ao crescimento da planta (cálcio, cobre, magnésio, zinco), como bem como potássio e fósforo, mas com baixos níveis de nitrogênio. Certifique-se de comprar um produto orgânico bom e equilibrado: você também pode escolher fertilizantes granulados de liberação lenta, ajustando os intervalos de sua administração de acordo. Os fertilizantes líquidos devem ser diluídos na água da irrigação, em dosagens inferiores às indicadas na embalagem do produto.

Buganvílias como curar: doenças e parasitas de Buganvílias


As buganvílias podem ser afetadas por pulgões. Estas, ao sugarem a seiva da planta, criam uma camada pegajosa que atrai formigas e promove o crescimento de mofo. Além disso, os pulgões são portadores de vírus muito perigosos para a planta: um deles é o vírus do «mosaico», que causa manchas nas folhas, crescimento de rebentos deformados e bloqueio da floração. Nestes casos, é necessário intervir imediatamente com inseticidas de amplo espectro. As larvas de algumas mariposas, assim como caracóis e lesmas, são ávidas por folhas de buganvílias. Esses parasitas devem ser removidos com repelentes especiais, mas os remédios naturais também funcionam muito bem, como borrifar o solo próximo às buganvílias com borra de café, pedaços de casca de ovo ou areia de rio.

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada.