Dicas

Batata

Batata

A batata é um tubérculo comestível originário da América do Sul e justamente do Peru e do Chile, poucas pessoas conhecem as extraordinárias virtudes deste tubérculo, que foi utilizado desde a antiguidade para fins alimentares e fitoterápicos. Até mesmo nossas avós conheciam remédios infalíveis para muitas doenças, tratáveis ​​com batatas fritas ou cascas. A batata é também um excelente alimento, rico em amidos, vitaminas, minerais e isento de gorduras. Na fitoterapia, o suco e a polpa de batata também são usados. São remédios muito antigos que não correspondem a formulações comerciais precisas, mas simplesmente aos infinitos usos que podem ser feitos com este tubérculo.

Características da planta


A batata, de nome botânico Solanum tuberosum, é uma planta herbácea perene, ou anual, pertencente à família Solanaceae, igual às beringelas, pimentões e tomates. Essa planta é contada entre os tubérculos porque produz raízes subterrâneas com comportamento rizomatoso, chamadas de estolhos. Este último incha na parte superior, produzindo tubérculos muito amiláceos, que representam a única parte comestível da planta. A batata que todos conhecemos para uso alimentar é justamente o tubérculo, ou seja, a parte alargada do estolão. No que diz respeito a toda a estrutura da planta podemos acrescentar que é composta por um caule com cerca de um metro de altura, folhas pinadas, ou seja, em forma de caneta, e fósforos, que é composto por três pequenas folhas, das quais, o do centro, fortemente marcado pela costela. As flores de batata são agrupadas, brancas e às vezes de cor rosa e roxa. Os frutos da batata (não confundir com o tubérculo comestível) são bagas muito tóxicas.

Propriedade


Quando falamos sobre as propriedades da batata, estamos nos referindo apenas às do tubérculo usado para fins comestíveis e na medicina fitoterápica. A batata, como já mencionado nos parágrafos anteriores, é rica em amido (ou amido sem glúten e adequado para a dieta de celíacos), vitaminas C e B, uma pequena quantidade de proteínas e sais minerais como potássio, fósforo, sódio , magnésio, cálcio, expressos em miligramas e microgramas de ferro, selênio, zinco, cobre e manganês. As substâncias indicadas estão contidas tanto na casca como na polpa, embora em maior proporção na polpa, enquanto a casca contém metade da fibra total da batata. Também apresentam substâncias antioxidantes como carotenóides e polifenóis. A batata é reconhecida por suas propriedades cicatrizantes, calmantes e antiinflamatórias, além de emolientes, refrescante e hidratante. É por isso que existem vários remédios «caseiros» adequados para aliviar o desconforto gastrointestinal, como úlceras, problemas de pele como eczema e coceira ou cansaço nos olhos. Os principais campos de aplicação e utilização da batata são alimentos e fitoterápicos em um sentido muito amplo, ou seja, sem recorrer a formulações comerciais à base de batata, mas utilizando apenas a polpa ou casca desse tubérculo.

Usos alimentares


A batata se presta a infinitas preparações, freqüentemente é preparada cozida ou frita. Para um uso correto das propriedades nutricionais da batata é necessário escolher a variedade certa. Na verdade, na natureza não existe uma única espécie de batata, mas sim várias, que podem ser utilizadas para preparar pratos saborosos e apetitosos. Para o preparo do purê, utiliza-se a batata branca, de formato circular e consistência muito farinhenta em relação às demais, para fritar utiliza-se a batata amarela, com polpa mais carnuda e compacta; a batata vermelha também é indicada para qualquer tipo de preparo, sempre com polpa compacta e muito saborosa; Para um bom prato de batata cozida pode-se utilizar a variedade Novella que se colhe antes de terminar a maturação, com polpa tenra e delicada e indicada para assar ou ferver.

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada.