Dicas

Zamia

Zamia

Zamia é uma planta do gênero cycad que pertence à família Zamiceae e inclui um total de cerca de 70 espécies diferentes. Dependendo da espécie, a planta é originária da América do Norte, passando pelo continente até a América do Sul. A Zamia tem o formato de um arbusto com características que podiam ser encontradas em palmeiras e samambaias. O caule da planta é atarracado, em algumas espécies até no subsolo, embora haja também uma espécie epífita, a Zamia pseudoparasitica, que pode crescer nos galhos de outras plantas. As folhas têm feições coriáceas com aspecto brilhante. As sementes da planta possuem cores variadas entre vermelho, amarelo, laranja e branco. A planta tem um desenvolvimento muito lento, podendo levar até 35 anos para se desenvolver totalmente.

Espécie Zamia


Zamia é uma planta capaz de viver em diferentes habitats, na savana, na pradaria, nos arbustos, na vegetação rasteira, nas florestas tropicais. É uma das plantas vivas mais antigas. A maioria das espécies de Zamia vive em áreas quentes e úmidas, mas com facilidade de adaptação às áreas temperadas. O Zamia prefere áreas sombreadas com solos bem drenados, mas também é capaz de suportar baixas temperaturas. Zamia é uma planta dióica, existem exemplares femininos e masculinos. Existem muitas espécies de Zamia, as mais conhecidas são: Furfuracea, Pumila e Variegata. Furfuracea tem um caule pouco desenvolvido que é parcialmente subterrâneo, as sementes são venenosas. O Pumila tem caules subterrâneos e folhas coriáceas verdes brilhantes. A Variegata apresenta folhas com coloração verde estriada de amarelo.

Cultivo da Zamia


As espécies de Zamia são geralmente adequadas para climas quentes, por isso há a opção de cultivá-las tanto a pleno sol quanto em áreas com boa sombra. O local preferencial deve ser em uma área com iluminação adequada, mas longe da luz solar direta, para que as folhas não sofram muito. Seria aconselhável limpar periodicamente as folhas para facilitar a fotossíntese. No período de maior crescimento, no período entre o início da primavera e o final do verão, a Zamia deve ser regada com regularidade e abundantemente. No outono e no inverno, o solo deve ser umedecido periodicamente para evitar que seque muito. O solo ideal para a Zamia deve ser macio, com drenagem adequada para evitar a perigosa estagnação da água.

Cuidado da Zamia


A Zamia precisa de uma boa fertilização, seria aconselhável diluir o fertilizante na água de irrigação na primavera e no verão. Seria aconselhável usar fertilizantes que contenham: nitrogênio, fósforo, potássio, ferro, manganês, cobre, zinco, boro e molibdênio. As Zamia são plantas que não necessitam de poda, aliás as folhas que estão secas ou danificadas devem ser eliminadas, para garantir a saúde da planta e evitar que sejam afetadas por doenças. A Zamia pode ser multiplicada tanto pela semente quanto pelo corte. O corte deve ser feito no outono tirando algumas folhas que poderiam ser enterradas em uma mistura de turfa e areia. Ao manter o solo úmido será possível favorecer o desenvolvimento de novas plantas.

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada.