Dicas

Rosa osiria

Quanto regar uma rosa osiria

A rosa osiria é um híbrido de chá e caracteriza-se por flores muito grandes cuja principal peculiaridade, para além do tamanho, é a dupla cor que determina tonalidades verdadeiramente espectaculares. Em 1978, a rosa osiria foi proclamada a rosa mais bonita do mundo e é, sem sombra de dúvida, maravilhosa. Como todas as variedades de rosas, ela precisa de muita água, mas deve ser dada em abundância de uma só vez e depois esperar que a água seja totalmente absorvida nos dias seguintes. Somente quando o solo estiver seco novamente você poderá proceder com uma nova rega. A rosa osiria sempre foi um símbolo de riqueza, prestígio e se alguém é homenageado com esta flor significa que quem a deu tem sentimentos profundos e sinceros.


A rosa osiria é um tipo de flor que pode ser cultivada tanto em canteiros como em vasos, sendo muito utilizada para embelezar ambientes domésticos. Apesar de ser híbrida, a rosa osiria é uma variedade vegetal verdadeiramente resistente, não necessitando de condições especiais para o seu cultivo. Esta planta prefere solos bem fertilizados com esterco e fertilizados com substâncias orgânicas, como composto, e obviamente o solo deve ser drenado o suficiente para reter água de forma adequada, mas sem criar estagnação. A exposição ao sol é fundamental para a definição das cores, aliás também é possível proceder a um cultivo em sombra parcial, obtendo tons menos brilhantes. A osiria rosa pode atingir 80 centímetros de altura.

Como cuidar da rosa


A rosa osiria tem caules muito longos, as folhas são bastante verdes escuras mas brilhantes e as suas flores, apesar da sua elegância, são bastante vistosas, tingidas de branco, vermelho, rosa e bordeaux alternam-se harmoniosamente. As pétalas são suaves como o veludo e exalam um perfume intenso mas muito delicado. A osiria rosa não necessita de podas especiais, o fundamental é eliminar ramos secos e folhas que tendem a secar. A poda geralmente é feita anualmente. Por ser uma espécie de rosa muito preciosa não é fácil encontrá-la e por isso tem que encomendá-la ou contactar os grandes viveiros para poder encontrar uma rosa de osiria de qualidade. Com esta espécie de rosa poderá criar magníficas rosas que florescem desde Maio até às primeiras geadas. Esta planta é a verdadeira flor do

Rosa osiria: Doenças e Curas


A rosa osiria pode ser atacada por vários parasitas que podem causar a decomposição da planta. Entre os mais comuns certamente estão os pulgões ou pequenos insetos, também chamados de piolhos das plantas, que sugam a seiva causando o ressecamento da rosa osiria. É possível matar pulgões usando inseticidas. Outro inimigo dessa flor é a aranha vermelha, que é um tipo de ácaro que perfura a epiderme da planta, mas que pode ser erradicado com um agrotóxico. Depois, há as cigarrinhas cujo ataque, porém, nunca é devastador, no sentido de que basta remover ou queimar as folhas mais afetadas por esses insetos. O oídio também pode ser um problema para a osiria rosa, que é produzida por um fungo e causa uma névoa cinza que se forma na folhagem.

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada.