Dicas

Móveis de jardim

Móveis de jardim: a simplicidade dos materiais naturais

Os catálogos que tratam do mobiliário de jardim mostram como o material preferido deste tipo de setor está orientado para a natureza, com o intuito de se tornar um com ela. Muitas vezes acontece de ver salões de verga real, deixados com a cor natural do material ou tratados com tintas, combinados com almofadas de várias cores, conforme o gosto. As formas destes móveis de jardim são na sua maioria muito simples e quadradas, contrastando com a suavidade do forro que cobre os assentos. Existem, no entanto, exemplos um pouco mais elaborados, ideais para quem procura um tipo de mobiliário mais original e vivo. As salas em questão estão sempre equiparadas em todas as partes: da poltrona ao sofá, do pufe à mesa de centro,

A medalha da vitória entre móveis de jardim vai para o branco


Se as estruturas dos móveis de jardim variam de cores mais claras a tons mais escuros, o mesmo não se pode dizer das almofadas que combinam. Apesar da presença no mercado de móveis de jardim de algumas combinações de cores que vêem tonalidades mais escuras, a cor certamente mais procurada é o branco, nos seus tons de marfim, creme e bege. A escolha de uma cor clara, aliás, é particularmente adequada para o exterior, pois o branco é capaz de absorver e refletir uma maior quantidade de luz. O resultado é um jardim com mobiliário radiante, no qual o sol parece reflectir-se e espalhar-se uniformemente pelo espaço envolvente. Além disso, branco

Relaxe na sombra: a solução é chamada de gazebo


Além dos móveis de jardim mais tradicionais, em qualquer catálogo de móveis de jardim há uma seção dedicada às estruturas que servem para garantir uma pequena área de sombra em comparação com a grande superfície ensolarada para montar o seu jardim. Existem diferentes tipos de gazebos. Tendo em vista a utilização de materiais naturais, o ideal é aquele feito inteiramente de madeira, talvez embelezado com alguma grade colocada nos cantos, para subir uma planta com flores coloridas e perfumadas. Muitas vezes este tipo de gazebo é caracterizado por uma estrutura de poda de madeira e uma cobertura mais leve, em plástico ou lona. Como alternativa, existem também gazebos, sempre em lona, ​​sobre um só pé, que se abrem com mecanismos mecanizados ou manuais.

Conforto e beleza no jardim: a rede e o balanço


Um último mas não menos importante elemento que, num ambiente descontraído e até um pouco sofisticado, não pode faltar no mobiliário de jardim é a rede. Quando falamos sobre esse “berço”, frequentemente pensamos no sistema pelo qual ele é fixado em duas árvores próximas uma da outra. No entanto, o setor do mobiliário de jardim também avançou neste domínio: existem, de facto, muitos modelos de redes, desde as mais simples às mais particulares na forma e na estrutura. A cadeira de balanço tornou-se uma verdadeira pérola do design exterior, bem como um elemento particularmente desejado por quem gosta de relaxar ou cochilar à sombra das árvores que deixou para crescer no seu jardim. Para os amantes da tradição, porém, um móvel com funções semelhantes, mas com um formato decididamente mais clássico, é a cadeira de balanço,

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Mira también
Cerrar