Dicas

Ficus benjamina

Ficus benjamina

As plantas do gênero ficus incluem não só a famosa figo da Índia, mas também várias espécies ornamentais cultivadas no apartamento devido ao seu porte esplêndido e à intensa coloração das folhas. Em geral, Ficus inclui mais de oitocentas espécies, divididas entre arbustos, cipós e árvores reais que podem atingir até trinta metros de altura. Dentre as espécies de Ficus mais cultivadas para fins ornamentais, lembramos a Ficuc Benjamina, espécie nativa da Ásia, com folhas ovais, estreitas e pontiagudas, de cor verde intensa ou estriadas de branco. No apartamento, a planta atinge no máximo dois metros de altura, mas não tem nada a invejar à espécie original, pois, mesmo que pequena, é capaz de replicar uma árvore composta por um tronco ereto e uma copa sinuosa e perfeitamente curva. arrumado.ficus benjamina será obtido conhecendo as características desta planta e suas necessidades de cultivo.


O ficus benjaminaé uma árvore perene nativa do sudeste da Ásia, pertencente, como todas as espécies do gênero Ficus, à família Moraceae. A nível espontâneo, a planta atinge dimensões consideráveis, até trinta metros, enquanto nos viveiros as suas “alturas” ficam entre dois e cinco metros. A principal característica da ficub benjamina são as suas folhas pequenas, ovais e pontiagudas, de cor verde coriácea ou estriadas de branco. A faixa clara ocorre na variedade denominada estorninho, sempre pertencente à Ficus Benjamina. As flores da planta são agrupadas em pequenas inflorescências chamadas sicônios. Na verdade, os sicônios são os frutos que aparecem exatamente como agrupamentos florais. Eles aparecem no verão, porque a planta cresce muito bem em altas temperaturas, sendo uma espécie típica de países de clima tropical. As flores podem não aparecer em espécies cultivadas em apartamento. As características culturais da ficus beniamina são, no entanto, semelhantes às das demais variedades do gênero ficus, ainda que possam ocorrer pequenas variações quanto à temperatura ideal para o crescimento da planta. Ficus benjamina se desenvolve bem em temperaturas entre 24 e 30 graus, enquanto outras variedades de ficus precisam de temperaturas mais baixas.

Exposição


Ficus benjamina, como outras espécies do gênero ficus, adora a luz, mas não a luz solar direta, que pode causar ressecamento ou queimadura das folhas. A ficus, de fato, adora o grau certo de umidade e não suporta a secura. Nos meses quentes, é bom mover a planta para fora e expor à sombra parcial. Este truque irá manter as folhas sempre saudáveis ​​e luxuriantes e irá realçar ainda mais a sua cor intensa. Também no verão, quando a planta é colocada ao ar livre, deve-se ter o cuidado de escolher locais protegidos do vento e das correntes de ar, que podem prejudicar a vedação e o porte das folhas.

Cultivo


A ficus beniamina é cultivada em vasos de plástico ou terracota, que devem ser substituídos quando a planta atingir o tamanho excessivo. O crescimento do ficus benjamina é notado quando as raízes saem do fundo do vaso.

O repottingdeve ser feito na primavera. Geralmente, decorrem cerca de dois anos de um repoteamento para outro, período em que a planta se alimenta das substâncias de reserva contidas no solo. Deve ser ligeiramente ácido e composto de turfa e solo de folhas. Essa composição torna o solo do vaso macio e poroso, evitando a estagnação da água que pode causar apodrecimento das raízes. Para facilitar a drenagem da água, o fundo da panela deve ser acompanhado de um pires enriquecido com argila expandida, faiança ou cascalho, que favorecerá a drenagem do excesso de umidade. Para garantir a absorção correta da umidade, é sempre aconselhável usar potes de terracota. Devido à sua altura, a planta deve ser sustentada por laços de bambu que amarram as folhas ao caule. Além de prevenir a queda precoce das folhas,

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *