Dicas

Cochonilha o que é

A cochonilha

O inseto que normalmente chamamos de cochonilha, na verdade, é composto por várias espécies, embora com características semelhantes. Juntos, eles formam um dos grupos mais formidáveis ​​de insetos nocivos. As dimensões também variam muito: varia de alguns milímetros em algumas espécies a meio centímetro em outras. Os machos são alados, enquanto as fêmeas não têm asas e são equipadas com pequenas patas que, em alguns casos, perdem após a postura dos ovos. É preciso dizer que a fêmea da cochonilha se caracteriza por uma forte regressão que afeta sua anatomia, morfologia e também sua funcionalidade: basta pensar que em alguns casos as fêmeas perdem as patas em decorrência da oviposição, tornando-se, de fato, uma recipiente simples para ovos.

Reprodução


A cochonilha tem diferentes modalidades reprodutivas de espécie para espécie: geralmente é ovípara, mas não faltam espécies ovovivíparas e vivíparas. Além disso, hermafroditismo ou partenogênese podem estar presentes. O desenvolvimento ocorre em três fases: a postura dos ovos, a larva e o adulto. O desenvolvimento da larva feminina passa por três a quatro estágios, enquanto o do macho, cinco. No adulto, a fêmea permanece presa à planta hospedeira, de onde tira seu alimento e deposita seus ovos, enquanto o macho é capaz de se mover graças à presença das asas. O número de gerações criadas é muito variável e extremamente influenciado pelo clima e pelas espécies a que pertence: em climas equatoriais ou simplesmente em ambientes protegidos (como estufas), o número de gerações que se desenvolvem é maior.

A alimentação da cochonilha


A cochonilha tem uma dieta caracterizada por uma elevada relação carbono / nitrogênio devido, sobretudo, à sua pouca mobilidade e especialização em fitofagia; esta última característica é compartilhada com psylla, pulgões e moscas brancas. Isso também explica por que ele ataca com mais disposição as plantas que recebem fertilização com nitrogênio abundante e constante e irrigação ao longo do tempo. Portanto, seu alimento é caracterizado pela seiva que flui nas plantas hospedeiras e os produtos residuais que se originam dessa dieta são água e açúcares, dos quais o animal se livra com a produção de melada. Aquela mesma melada que seus primos pulgões produzem e da qual as formigas que atuam como verdadeiras protetoras contra ela são gananciosas (a presença desta nas plantas é sempre um sinal de alarme que ressoa),

Cochonilha o que é: A luta contra a cochonilha


A cochonilha é facilmente identificável, já que a fêmea adulta se protege com a secreção de substâncias externas. Todas as substâncias têm a característica de endurecer e produzir uma espécie de “escudo” protetor que torna as fêmeas resistentes às condições climáticas adversas e até aos inseticidas por contato. Isso, somado ao fato de a cochonilha ser capaz de atingir diversos órgãos das inúmeras plantas que afeta, a torna um dos insetos mais temíveis. O combate preventivo é feito mantendo a folhagem das plantas ventilada. Na presença de ligeira infestação é possível retirar as cochonilhas manualmente, com um cotonete embebido em álcool. Já o combate químico é feito com a utilização de óleo branco, de preferência em combinação com piretro ou malatião,

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Mira también
Cerrar