Dicas

Canna indica

Irrigação

A bela planta perene vem exclusivamente do continente americano, centro e sul, e faz parte do variado e multicolorido agrupamento familiar das Cannaceae. Esta erva exótica se distingue por sua folhagem brilhante e sua inflorescência colorida e é freqüentemente usada para tingir deliciosamente qualquer tipo de canto ou borda do jardim. Não sendo particularmente exigente em termos de molhamento, será em todo o caso generosamente pulverizado durante as estações da primavera e verão, em média semanalmente, enquanto a rega será devidamente limitada nos períodos de rigidez ou totalmente interrompida na presença de chuva. É altamente recomendável molhar o Canna indica apenas quando a terra estiver seca ou mesmo seca.

Cultivo


O Canna indica encontra normalmente um alojamento alegre e adequado na paisagem verdejante, podendo também ser alojado em contentores especiais de tamanho moderado. Seja qual for o posicionamento escolhido, será preferível adotar um solo macio, pouco compacto e suficientemente equipado com substâncias orgânicas. Em seguida, devem ser adicionados elementos arenosos e argilosos para permitir uma drenagem correta e eficaz. Além disso, a planta herbácea não deve ser submetida a operações periódicas de poda, pois a simples remoção da folhagem esfarrapada e das inflorescências murchas é suficiente e satisfatória. Já os trabalhos de repotting podem ser realizados no mínimo a cada dois anos, com a adoção de recipientes de tamanhos crescentes capazes de acomodar as raízes.

Fertilização


A planta decorativa obviamente precisará ser fertilizada, a fim de obter os nutrientes corretos e essenciais. A fertilização deve ser realizada preferencialmente durante o período vegetativo, desde o primeiro calor da primavera até o final de setembro, com a devida suspensão nas demais épocas do ano, exceto para necessidades específicas. Normalmente deve-se usar fertilizante líquido dissolvido na água de pulverização, pelo menos duas vezes por semana, mas alternativamente também será possível usar fertilizantes sólidos, que se caracterizam pela liberação progressiva ao longo do tempo. O fertilizante escolhido será adequado para o tipo de planta e conterá uma boa quantidade de potássio e elementos fosfóricos, úteis para o desenvolvimento saudável e correto e para a exuberância desejada da inflorescência.

Canna indica: exposição e patologias


A planta perene harmoniosa será colocada preferencialmente em um habitat quente e ensolarado, com exposição direta aos raios solares por algumas horas do dia, porém poderá encontrar um posicionamento discreto mesmo em locais parcialmente sombreados. Em qualquer caso, será necessário garantir condições climáticas um tanto amenas e temperadas, já que a herbácea sofre muito com os rigores do frio. Se as temperaturas caírem abaixo de 3-5 ° C, ele será convenientemente protegido por meio de tecidos e materiais adequados. Finalmente, a planta exótica robusta e resistente dificilmente será submetida a ataques de insetos e parasitas, mas mesmo assim pode ser perigosamente afetada por fungos e apodrecimento nas raízes, devido à drenagem ineficiente do solo.

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada.

Mira también
Cerrar