Dicas

5 plantas de Natal mais famosas

No inverno, quando as temperaturas caem e os dias ficam consideravelmente mais curtos, buscamos refúgio nas pequenas coisas. As plantas de Natal têm a missão de dar um toque de cor à nossa casa, e temos uma boa lista de espécies para cultivar em casa como plantas de interior que representam, de alguma forma, o Natal.

Neste artigo, queremos mostrar algumas dessas plantas. Embora possamos cultivá-los para além deste período festivo, associamo-los inequivocamente a Dezembro, festas, presentes e Ano Novo.

Curiosamente, quando procuramos fotografias relacionadas com plantas natalícias, verificamos que a maioria delas tem a cor vermelha que lhes está associada. E é que essa tonalidade foi de alguma forma associada nos últimos anos ao Natal, graças a campanhas publicitárias massivas onde a Coca Cola, uma bebida que é bebida gelada, juntou-se ao Natal e lhe deu a característica cor vermelha.

Haddon Sundblom, de origem sueca que viveu nos Estados Unidos, foi o pintor que desvendou a imagem do Papai Noel encomendada pela empresa Coca-Cola.

Lista de plantas de Natal para crescer dentro de casa

1. Poinsétia

A poinsétia é uma das espécies típicas que podemos comprar no Natal e isso nos deixa muito ansiosos para cuidar dela ou dar de presente. Esta espécie, que pode ser cultivada durante todo o ano em condições caseiras, é especialmente relevante no Natal.

No entanto, é difícil para mais de 1 mantê-lo além das férias, pois em muitos casos ele começa a perder suas folhas ou fica feio, na maioria das vezes devido ao cuidado excessivo. Sim, é assim.

  • Temperatura: faixa aproximada de 16 a 25 ºC, sendo 10 ºC seu limite de tolerância ao frio.
  • Iluminação: suporta bem a exposição desde que seja indireta.
  • Substrato: substrato universal, aplicando fertilizantes uma vez a cada 15 dias.
  • Irrigação: frequência moderada. Deixe o substrato secar e regue 1/6 do volume do vaso.

2. Cactos de Natal

O Natal está associado ao frio e à neve (exceto em alguns países onde coincide com o verão). Portanto, é curioso que uma espécie suculenta parecida com um cacto, acostumada a temperaturas quentes, esteja associada a esse período.

No entanto, o cacto de Natal homenageia estas festas, sendo uma planta de interior muito simples de cultivar e com uma floração espetacular.

  • Temperatura: entre 18º C e 25 ºC.
  • Iluminação: áreas bem iluminadas, mas de preferência sem sol direto.
  • Substrato:  misture partes iguais de substrato universal e fibra de coco para melhorar a drenagem.
  • Irrigação:  escassa (uma vez por semana no verão e a cada 15 dias no inverno).

3. Visco

O visco é uma espécie também intimamente relacionada ao Natal, mas não para cuidar dentro de casa. Deste arbusto de dimensões consideráveis ​​é comum selecionar algumas hastes para pendurá-lo na porta.

Seu nome científico é Viscum album , e é uma planta semiparasitária pertencente à família Santalaceae. Está cheio de curiosidades, como atribuições de propriedades mágicas e tradições celtas associadas à fertilidade e ao amor. De fato, a tradição do beijo quando nos encontramos sob um ramo de visco foi preservada.

  • Temperatura: ampla faixa de temperaturas.
  • Iluminação: áreas frias podem ser cultivadas a pleno sol e áreas muito quentes, em semi-sombra.
  • Substrato: solos profundos, ricos em húmus e bem drenados.
  • Irrigação: irrigação moderada com frequência de pelo menos duas vezes durante a semana.

4. Nadina

Não é à toa que o vermelho está associado ao Natal (obrigado, Coca Cola), então é provável que muitas plantas com flores rosas ou vermelhas estejam no comércio nesta época do ano. É o caso da Nandina, um arbusto que costuma ser cultivado ao redor das casas como trepadeira.

Seu nome científico é Nandina domestica e é comumente conhecido como bambu sagrado .

  • Temperatura: Prefere ambientes frios (mesmo temperaturas congelantes) sobre áreas de alta temperatura.
  • Iluminação: exposição solar e em ambientes quentes, melhor em área sombreada ou semi-sombreada.
  • Substrato:  solos ácidos, soltos e com boa fertilidade.
  • Irrigação: frequente, a cada 3 ou 4 dias no verão.

5. Azevinho de Natal

O azevinho é outra das plantas típicas do Natal que sentimos falta se não o vemos a decorar parques e jardins, mesmo através dos seus ramos. E é que as bagas que produz nesta época do ano são completamente vermelhas, brilhantes e atraentes.

O azevinho é uma planta que faz parte da decoração habitual destas datas quase tanto como o abeto de Natal (árvore de Natal). E é que, além de decorar qualquer casa, diz a lenda que tê-la em casa favorece a boa sorte.

Embora seja um arbusto ao ar livre , muitas vezes é tratado como uma planta de casa em vaso em seus primeiros anos de vida.

  • Temperatura: zonas frias e húmidas.
  • Iluminação: local sombreado ou semi-sombreado.
  • Substrato:  solos com boa drenagem e ricos em matéria orgânica (férteis).
  • Irrigação:  moderada. A cada 3 ou 4 dias no verão e 1 rega semanal no inverno.

 

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada.